Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Triunfo de João Telles Jr. e do Forcados de Moura na 1ª da Feira Taurina de Santarém.

Triunfo de João Telles Jr. e do Forcados de Moura em dia de homenagem a António Badajoz.
08 de Junho de 2009 - 20:38h Crónica por: - Fonte: - Visto: 898
Triunfo de João Telles Jr. e do Forcados de Moura na 1ª da Feira Taurina de Santarém. O dia apresentava-se chuvoso e havia um clima de incerteza quanto à realização da corrida, mas a empresa Aplaudir sempre teve a intenção de realizar a corrida.

Com cerca de 1/4 da lotação da praça a corrida teve início com S. Pedro a dar tréguas por momentos aos aficionados presentes, numa corrida com a duração de 3.30h!!!.

Abriu a função João Salgueiro com um toiro paradote de 550Kg que não carregava muito na montada, o cavaleiro de Valada cumpriu com a ferragem da ordem rematando bem as sortes, tentando sacar o máximo que o toiro tinha. No seu segundo toiro de 515Kg a lide foi idêntica porque o seu oponente tinha praticamente as mesmas características que o seu irmão mas Salgueiro não baixou os braços e tentou sempre dar o máximo apesar de permitir pequenos toques na montada

José Manuel Duarte estava a jogar em casa e está decidido em relançar a sua carreira, no seu primeiro toiro de 550Kg cumpriu com a ferragem comprida, trocou de montada para os curtos iniciou esta serie com um toque na montada e tornou a trocar de cavalo no 2º curto, apartir daí a lide veio a mais com ferros e remates de belo efeito. No seu segundo toiro de 500Kg, José Manuel Duarte colocou dois compridos regulares e após de trocar de montada para os curtos começou a chover, mas não limitou o labor do ginete escalabitano.

João Telles Jr. foi o triunfador da tarde graças também aos toiros que lhe calharam em sorte que foram os melhores do lote de S. Torcato. No primeiro toiro de 510Kg cumpriu a ferragem comprida com três ferros à tira. Na ferragem curta já com outra montada a lide decorreu em bom plano com ferros com ligeiras batidas ao piton contrário, trocou novamente de cavalo para a colocação de um bom par de bandarilhas. No seu segundo toiro de 525Kg, o cavaleiro da Torrinha desenhou mais uma boa lide a receber o toiro à porta dos curros mas a não ter o efeito desejado, uma vez que o toiro saiu distraído. Colocou três compridos bem colocados e para os curtos sacou de uma das estrelas da sua quadra com o ferro Rio Frio, para a colocação de quatro curtos com o cavalo a entrar bem na cara do toiro. De destacar ainda o uso de bandarilhas espanholas por parte deste cavaleiro.

Quanto à forcadagem os Amadores de Santarém pegou à primeira João Torres, Manuel Lopes à quarta tentativa e o quinto toiro da ordem foi pegado de cernelha após na primeira tentativa António Pereira ter saído lesionado, na segunda tentativa o forcado que o foi dobrar também saiu lesionado, com um toiro que derrotava por alto e com muita violência o forcado da cara. Optou-se pela pega de cernelha que demorou muito tempo a ser executada, devido ao toiro não encabrestar nos cabrestos.

Os forcados do Real de Moura saíram como triunfadores de Santarém, executaram todas as pegas à primeira e notou-se uma grande coesão do grupo alentejano no capítulo das ajudas, nomeadamente, o primeiro ajuda.

Quanto ao curro enviado pela divisa de S. Torcato, saíram bem apresentados no geral com pesos entre os 500Kg e os 550Kg, mas um pouco escassos de forças e mansotes.

No intervalo foi feita uma merecida homenagem ao antigo bandarilheiro, António Badajoz pelos 70 anos da data da sua alternativa.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.