Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Tarde entretida no 1º de Maio no Cartaxo

03 de Maio de 2009 - 00:00h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1110
Tarde entretida no 1º de Maio no Cartaxo O dia apresentou-se convidativo para uma tarde de toiros bem passada. A Praça de Toiros do Cartaxo apresentou uma excelente moldura humana.
Em praça perfilaram os cavaleiros João Salgueiros, Ana Batista e o praticante Francisco Palha.

As pegas estavam a cargos dos Amadores de Santarém e Aposento da Moita para pegarem um curro de Cunhal Patrício, toiros esses que tinham um peso que oscilava entre os 460 e os 505 kg. Apesar de bem apresentados demonstraram alguma falta de força e não deram problemas de maior aos artistas.

Começou a função João Salgueiros com a colocação de dois ferros compridos e após de mudar de montada para a ferragem curta, o cavaleiro de Valada deu ao seu oponente uma lide alegre com bonitas passagens na cara do toiro com adornos da sua montada. No segundo toiro com 505 kg, João Salgueiros deu-lhe uma lide idêntica à sua primeira, com bons pormenores de lide a cavalo e com boa transmissão com as bancadas.

Ana Batista foi ao Cartaxo com ganas de triunfar mas os seus oponentes não a deixaram brilhar como certamente pretendia. No seu primeiro toiro com 470kg colocou dois compridos à tira e depois de trocar de montada para os curtos o toiro fixou-se no centro da arena sem carregar muito sobre o cavalo, a lide terminou com um ferro de palmo de boa nota. No seu segundo toiro a cavaleiro de Salvaterra pôde brilhar mais um pouco frente a um toiro de 485kg que até foi colaborante. E após colocar a ferragem da ordem terminou a lide com o seu ferro da tarde, com a cavaleira a aguentar a investida do toiro para a colocação de um excelente ferro.

Francisco Palha poderá vir a ser um caso no panorama da tauromaquia nacional, porque mostra querer e ganas de triunfar, mas a sua irreverência e a necessidade de fazer as coisas bem feitas por vezes por vezes prejudica-o. No seu primeiro toiro de 460kg recebeu bem o toiro com a colocação de três bons ferros compridos, na serie dos curtos a lide veio a menos com o toiro a parar a investida a partir da colocação do primeiro curto. No seu segundo toiro de 480 kg colocou dois compridos um pouco descaídos, após de mudar de montada para os curtos colocou ferros de belo efeito mas a permitir dois violentos toques na montada, com o cavalo a sair tocado. Após trocar de novo de montada colocou mais dois ferros mas aí a mostrar alguma precipitação na lide.

No capítulo das pegas a tarde não teve dificuldades de maior.

Pelos amadores de Santarém pegaram João, João Torres Pereira à primeira com destaque para o segundo a citar o toiro praticamente em cima dele e "Pauleta" à terceira tentativa a um toiro que saía solto.

Pelos Aposento da Moita todas as pegas foram à primeira tentativa intermédio de Diogo Gomes, Bruno Inácio e José Maria Bettencourt que assim que citou o toiro, este arrancou com muita pata mas com o forcado a fechar-se bem com a ajuda do grupo.

Nesta Corrida do Cartaxo temos a realçar a excelente moldura humana na Praça, que para quem não sabe é uma réplica de uma antiga praça de toiros de Badajoz e o excelente acolhimento feito pelos responsáveis da empresa TOIROS " CULTURA.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.