Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Campo Pequeno - Segunda corrida Vidas/Correio da Manhã

16 de Maio de 2009 - 00:00h Crónica por: - Fonte: - Visto: 998
Campo Pequeno - Segunda corrida Vidas/Correio da Manhã Numa noite em que se fazia notar algum frio, quem se dirigiu para a corrida podia apreciar os frutos de uma iniciativa bastante agradável, que se opôs com um espectáculo de sevilhanas de uma forma inigualável à manifestação anti-touradas.

Foi um espectáculo misto que contou com uma casa praticamente cheia onde se lidaram a cavalo toiros provenientes da ganadaria Santa Maria e a pé toiros de Brito Paes. Assinalou-se então o terceiro aniversário da reinauguração do campo pequeno com a segunda corrida Vidas/Correio da Manhã.

A primeira lide da noite desenhou-se a duo com os cavaleiros Manuel Telles Bastos e Manuel Lupi que enfrentaram um exemplar da ganadaria Santa Maria com de seu nome Varredor com 497Kg, que no desenrolar da lide se foi revelando fraco na investida. Embora os cavaleiros tivessem colocado uma ferragem regular, a lide no geral revelou pouca emoção do público.

Manuel Telles Bastos lidou o Leiteiro de 552Kg proveniente da Ganadaria Santa Maria. Iniciou a sua segunda actuação com sorte uma gaiola de pouco entusiasmo. Teve uma colocação regular dos compridos. Nada haveria a apontar a não ser o incidente na colocação do segundo ferro, recebendo um toque na montada. Ao seu estilo, cravou de alto a baixo e ao estribo tendo terminado a sua actuação com um ferro de palmo.

Manuel Lupi lidou o Boquilho com 586Kg proveniente da Ganadaria Santa Maria. O cavaleiro teve a vida um pouco complicada com o oponente que se revelou manso desde o início da lide, forçando Manuel Lupi a explorar uma lide mais ligada nos terrenos centrais. No entanto a mansidão do toiro dificultou os momentos de reunião, o que contribuiu para a colocação de uma ferragem correcta mas dispersa.

Pedrito de Portugal lidou na sua primeira actuação o Zufião com 510kg proveniente da ganadaria Brito Paes. Pedrito luziu-se pelos dois pitons, mas com muletazos sempre na paraleta, com um toureio demasiado insonso a um toiro fraco de mãos. Na segunda actuação enfrentou o Zutrero com 470kg proveniente da mesma ganadaria que o seu antecessor. Pedrito figurou-se numa actuação à qual o publico ficou completamente rendido com os seus passes muito bem executados. Nada teria a apontar a não ser a segunda volta à arena dada nesta actuação por iniciativa própria.

El Cid teve trabalho redobrado no que tocou ao lote de toiros que lhe calhou que não permitiu as actuações que presenciamos no ano passado. No entanto o matador fez-se valer da sua experiencia para conseguir alguns passes

Os forcados Amadores do Aposento da Moita também não se fizeram brilharam muito, pois apenas a primeira pega foi concretizada à primeira tentativa por José Broega. No segundo Toiro Ntino Wen apenas conseguiu à terceira com ajudas carregadas. No ultimo toiro e mais complicado da noite pela mansidão demonstrada, Tiago Ribeiro e Bernardo Cardoso Consumaram a pega com uma cernelha.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.