1ª. Corrida das Festas do Barrete Verde e das Salinas

" /> 1ª. Corrida das Festas do Barrete Verde e das Salinas

" /> 1ª. Corrida das Festas do Barrete Verde e das Salinas

" />
Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Triunfo de António Telles em Alcochete

1ª. Corrida das Festas do Barrete Verde e das Salinas

10 de Agosto de 2010 - 17:44h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1022
Triunfo de António Telles em Alcochete

1ª. Corrida das Festas do Barrete Verde e das Salinas

Praça de Toiros de Alcochete

Empresa: Toiros & Tauromaquia, Lda.

 Domingo, 08 de Agosto de 2010

 XXVIII Corrida Concurso de Ganadarias

 Cavaleiros: António Ribeiro Telles – Rui Salvador e Tiago Carreiras,

 Grupo de Forcados Amadores de Alcochete, cabo Vasco Pinto

6 Toiros de seis prestigiadas Ganadarias Espanholas: Herdeiros Conde de la Corte, (ganadaria mãe de todas as ganadarias espanholas), Campos Peña e La Dehesilla, (segundo ferro do Ganadeiro José Luís Pereda e as Ganadarias Portuguesas: Branco Núncio, Fernandes Castro, e Murteira Grave, (Herdade da Galeana, Granja, Mourão).

Delegado do IGAC – Senhor António Barrocal, bandarilheiro retirado.

Assessorado pelo Médico Veterinário Dr. Salter Cid

Banda de Música da Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete.

Tarde de céu nublado mas quente, que levou muitos aficionados até à simpáctica e acolhedora vila de Alcochete, enchendo a praça sem esgotar. Os aficionados que assistiram a 1ª. Corrida de Toiros inserida nas Festas do Barrete Verde e das Salinas, saíram por certo satisfeitos com o espectáculo que presenciaram durante cerca de duas horas e meia.

 António Ribeiro Telles, lidou o primeiro exemplar da tarde oriundo da Ganadaria Herds. Conde la Corte, negro, com o número 10 e o peso de 580 quilos.

Cravou três ferros compridos de boa colocação, o primeiro em sorte  à porta gaiola de excelente qualidade, o segundo em sorte muito apertada junto às tábuas ficou um pouco descaído , o terceiro o melhor de todos, muda de montada e segue-se uma série de ferros curtos cravando três, deixou o cavalo sofrer um violento toque contra a trincheira no último ferro, esteve muito desigual na colocação dos mesmos já que ficaram um pouco traseiros.

Rui Salvador, lidou o segundo exemplar oriundo da Ganadaria de Branco Núncio, negro, com o número 12, 4 anos e o peso de 570 quilos.

Cravou três ferros compridos de boa nota e de colocação, mudou de montada e veio uma série de quatro ferros curtos, sendo os dois primeiros cravados ao estribo, no terceiro sofreu toque na montada, e o quarto foi de boa nota. Lide vistosa e correcta do cavaleiro de Tomar,

 Tiago Carreiras, lidou o terceiro toiro oriundo da Ganadaria de Fernandes de Castro, negro, com o número 121, 4 anos e o peso de 520 quilos.

Cravou dois compridos de boa nota. Veio a série dos curtos, cravando quatro cursos, o primeiro de boa colocação, o segundo ficou descaído, o terceiro descaído ficou, o quarto foi bom, e o quinto a pedido do público, foi de melhor nota de todos, com boa colocação e vistoso e alegre cite.

 António Ribeiro Telles, lidou o quarto da ordem, oriundo da Ganadaria Campos Peña, com cinco anos de idade, negro bragado, com o peso de 720 quilos e o número 68.

Cravou três ferros compridos, sendo os dois primeiros muito bons. Troca de montada e vem uma séria de ferros curtos, o primeiro fica descaído, o segundo muito bom., o terceiro ficou descaído por sofrer um toque violento na montada, dado não querer desfazer a sorte, quarto foi excelente e o quinto a pedido do público foi muito bom também. Esteve sempre muito correcto a lidar e a bregar. Lide bastante interessante do Cavaleiro da Torrinha, alcançando perante este toiro uma grande actuação.

Rui Salvador, lidou o quinto exemplar da tarde oriundo da Ganadaria Murteira Grave, negro bragado e axiblanco, com o número 18, 4 anos e o peso de 550 quilos.

Cravou três ferros compridos de boa nota e colocação à tira. Depois de mudar de montada, seguiu-se uma série de quatro ferros curtos, os três primeiros de boa nota, o quarto foi menos bom dado ter ficado descaído. Cravou ainda mais dois curtos a pedido do público, ambos de muito boa nota. Esteve sempre correcto a citar e a lidar, tendo uma actuação bastante positiva.

Tiago Carreiras, deveria ter lidado o sexto toiro da Ganadaria La Dehesilla, que acusou 565 quilos, negro, com o número 186 e 5 anos, porém devido a este exemplar acusar alguns problemas na locomoção e pensamos ter havido uma certa precipitação na análise à possível recuperação ou não do toiro, sendo este substituído por um novilho da Ganadaria do Engº. José Samuel Lupi, que saiu extra concurso, negro, com o número 191, 3 anos e o peso de 510 quilos.

Cravou dois ferros compridos, sendo o primeiro descaído e o segundo de boa nota., depois de mudar de montada, veio a série de ferros curtos, cravando quatro de bom nível. Cravou ainda mais dois a pedido do público, os quais foram de igual nível.

No campo das pegas o Grupo de Forcados Amadores de Alcochete, pegaram a sós estes seis toiros, estiveram em plano muito bom, com rijas e duras pegas, sendo somente a pega do primeiro toiro à segunda tentativa, o que não tira brilho e valor à tarde que todos os intervenientes tiveram e proporcionaram.

A pega da tarde, foi sem dúvida alguma a que esteve a cargo de Vasco Pinto cabo do grupo e concretizada diante do quarto exemplar.

O Delegado do IGAC, esteve correcto na concessão de música a todos os cavaleiros, sempre depois da colocação do primeiro ferro curto.

Uma vez mais gostámos de ver os bandarilheiros evitarem de interferir no trabalho dos campinos actuantes, na condução do jogo de cabrestos e respectva recolha dos toiros. Cada qual nas suas tarefas. Todos os intervenientes tem um papel importante na Festa de Toiros.

Estavam em disputa dois Prémios:

Apresentação – António José Cardoso

Bravura – Estêvão Augusto de Oliveira

O Prémio de Apresentação foi atribuído à Ganadaria Campos Peña.

 O Prémio de Bravura à Ganadaria Murteira Grave.

Nota mais:

Em meu nome e em nome do site Taurodromo.com, agradeço a forma simpáctica como fomos recebidos e tratados pelo Senhor António Manuel Cardoso (Néné). Não queremos fazer distinção na forma de estar e de receber por parte de Empresários, mas somos obrigados a deixar esta nota de apreciação e agradecimento, que marcou a diferença.

Hoje terá lugar a Segunda Corrida de Toiros IHC, Comemorativa do 45º. Aniversário do Grupo de Forcados do Aposento do Barrete Verde de Alcochete.

Cavaleiros:

Luís Rouxinol – Vítor Ribeiro e Manuel Lupi

Seis Toiros das Ganadarias de José Luís Pereda (3) e Campos Peña (3).

 

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.