Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Porta grande para Pablo Hermozo de Mendoza

Porta grande para Pablo Hermozo de Mendoza, em mais uma noite de casa lotada no Campo Pequeno.

18 de Julho de 2010 - 13:10h Crónica por: - Fonte: - Visto: 934
Porta grande para Pablo Hermozo de Mendoza

No dia 15 de Julho o Campo Pequeno recebeu mais uma grande Corrida à Portuguesa. A grande "corrida Correio da manhã". Na corrida desta noite estiveram em praça o cavaleiro António Ribeiro Telles, Pablo Hermozo de Mendoza, e João Ribeiro Telles Júnior. Pegaram os forcados Amadores de Santarém e de Lisboa e foram lidados seis toiros da ganadaria Passanha, de apresentação muito desigual, cujo peso oscilou entre os 5ookg e o 564kg. Com lotação esgotada, estavam reunidos todos os ingredientes para uma noite de festa.

Abriu a função António Telles, que recebeu bem o "felizardo" de 500kg, ao qual deixou três ferros compridos sem problema. Nos curtos o cavaleiro da torrinha andou ao seu estilo. Bregou colocou o toiro em sorte e cravou com acerto. À cara deste toiro foi Joaquim Pedro Torres dos Amadores de Santarém, que concretizou à primeira tentativa. Na sua segunda lide António Telles teve por diante o toiro mais pesado da corrida, apresentando o peso de 564kg, que saiu à praça transmitindo emoção. Embora não tenha sido fácil, António esteve toureiro e deixou ferros curtos de muito boa nota. Sacou uma boa lide que foi crescendo, de menos a mais, perante um Passanha que se adiantava à montada. Pelo Grupo de Lisboa Pedro Miranda fechou-se à córnea e o grupo concretizou ao primeiro intento.

Pablo Hermozo de Mendoza que saiu em ombros pela porta grande teve por diante um astado de 534kg em que aplicou todo o seu estilo toureiro, com classe sem números de circo. Cravou a ferragem da ordem com acerto, embora por vezes tentasse ladear na cara do toiro, mas sem grande resultado, o que é certo é que entusiasmou o público. Deu duas voltas à arena. Gonçalo Maria Gomes fecha-se à barbela e concretiza à primeira pelos Amadores de Lisboa. No seu segundo toiro de 538kg, Mendoza, andou também dentro do seu estilo o "rejoneo ". Quanto a mim fui o cavalo o "Ícaro" que conquistou o público com a sua simplicidade e facilidade, que parte para cara do toiro, o que faz parecer que é tudo muito fácil. No final da lide foi premiado com mais duas voltas. Por Santarém António grave de Jesus que depois de duas tentativas não ficou bem foi para a enfermaria, foi dobrado por João Vaz Freire que consumou ao segundo intento com as ajudas carregadas.

João Ribeiro Telles Jr um dos mais firmes valores da nova geração de cavaleiros tauromáquicos teve duas lides distintas numa noite onde talvez sentiu o peso da responsabilidade. Na primeira lide frente a um toiro com 516kg teve regular. Destaque para o segundo ferro curto em que o cavaleiro preparou a sorte e cravou. Terminou a sua actuação com um ferro de palmo. Foi à cara do toiro Gonçalo Veloso, consumou à primeira tentativa. O forcado foi premiado com duas voltas. Já no segundo do seu lote de 532kg, o pior toiro da corrida, as coisas não correram muito bem. João Ribeiro Telles recebeu o toiro à porta gaiola, deixando a ferragem comprida com oponente a sair solta e algo distraído. Durante a lide o toiro veio a menos. João Ribeiro Telles jr andou irregular. Mesmo assim quis terminar em beleza, já com o toiro parado deixou um par de bandarilhas em terrenos de compromisso. Repetiu a proeza mas as coisas não resultaram muito bem. Manuel Guerreiro fechou pelo grupo de Lisboa à segunda tentativa.

Dirigiu o espectáculo António Garçoa, assessorado pelo médico veterinário José Maria Nobre.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.