Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Noite de toiros agradável no Redondo

47ª Grande Corrida TV marcada pela alternativa de Ana Rita
07 de Agosto de 2011 - 16:54h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1399
Noite de toiros agradável no Redondo

No dia 5 de Agosto o Coliseu do Redondo recebeu, com casa cheia até à bandeira, a 47ª Grande Corrida TV, com transmissão em direto no canal 1 da RTP. Noite que ficou marcada pela alternativa de Ana Rita. O restante cartel foi composto por Manuel Jorge de Oliveira, António Telles, Luís Rouxinol, Tito Semedo e Marcos Bastinhas. Pegaram 3 grupos de forcados: Cascais,Académicos de Elvas e Redondo.

Foi lidado um curro de toiros dos Herdeiros de Varela Crujo.

Em disputa estavam os troféus “Casa do Pessoal RTP” para a melhor lide e Câmara Municipal do Redondo para a melhor pega.

Estavam reunidas todas as condições para que resultasse num bom espectáculo. Assim foi!

Abriu praça Ana Rita que recebeu a alternativa das mãos do seu mestre Manuel Jorge de Oliveira. À cavaleira coube em sorte o” Holandês” que perseguiu com codicia a montada da cavaleira. Ana Rita andou em bom plano,deixando bons ferros na noite mais importante da sua vida. Para a cara deste toiro foi o cabo do grupo de Cascais Pedro Marques, que consumou à terceira tentativa com as ajudas carregadas.

O segundo toiro da ordem saiu colaborador e coube em sorte a Manuel Jorge de Oliveira que imprimiu uma lide recordando os velhos tempos.Para a cara deste toiro foi o forcado Joaquim Guerra que pegou o exemplar dos Herdeiros Varela Crujo, sem dificuldade, à primeira tentativa.

António Telles teve por diante o pior toiro da corrida. O exemplar de Herdeiros Varela Crujo saiu manso, não se entregando à luta. O cavaleiro da Torrinha, apesar das dificuldades apresentadas pelo oponente, andou com labor e desenhou uma boa lide. Ricardo Prior pegou à quarta tentativa com as ajudas carregadas. O forcado da cara teve  com raça, pena que nas 3 primeiras tentativas tenham faltado ajudas.

Luís Rouxinol atravessa um bom momento na sua carreira, andou com raça frente ao quarto exemplar dos Herdeiros Varela Crujo. Uma boa actuação do cavaleiro de pegões que entusiasmou os aficionados presentes no Coliseu.
Terminou a lide com o tradicional par de bandarilhas, arte em que em exímio. Para a cara deste toiro foi Joel Zambujeira dos amadores de Cascais que concretizou ao primeiro intento com o grupo a ajudar.

Tito Semedo vinha com ganas de triunfar, recebeu o quinto da noite à porta dos curros. As coisas não correram de feição. Após a colocação do primeiro curto, o cavaleiro sofreu uma colhida feia ficando a mão do cavalo presa na córnea do toiro. Felizmente não houve consequências graves. Valeu o esforço do Cavaleiro natural de Santana da Serra frente ao oponente que colaborou. Para a cara deste toiro foi Gonçalo Machado dos A.C.de Elvas, pegando ao primeiro intento.

Fechou a noite Marcos Bastinhas que lidou o sexto e último da ordem. Nos compridos andou regular. Cravou o primeiro e segundo curto, terminando a sua actuação com dois pares de bandarilhas que agradou ao público. Os amadores do Redondo fecharam a noite. À cara deste exemplar foi Hugo Figueira consumando uma pega rija à primeira tentativa.

O troféu “ Casa do Pessoal da RTP” para a melhor lide foi atribuído a Luís Rouxinol.

O troféu Câmara Municipal do Redondo para a melhor pega foi para o forcado Hugo Figueira dos amadores do Redondo.

O curro de toiros dos Herdeiros Varela Crujo de irrepreensível apresentação, deram bom jogo, à excepção do terceiro da ordem.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.