Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Noite de Emoções na Corrida da APPACDM em Elvas

Noite de Emoções, despedida e homenagens na Corrida da APPCDM em Elvas, com boa entrada de público.
16 de Maio de 2011 - 23:19h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1831
Noite de Emoções na Corrida da APPACDM em Elvas

Realizou-se a 14 de Maio uma corrida em Elvas em homenagem a Sebastião Tenório (pai do cavaleiro Joaquim Bastinhas), sendo também a despedida do cabo e fundador do grupo de forcados Académicos de Elvas Ivan Nabeiro.

Em praça estiveram 6 cavaleiros: Paulo Caetano, Joaquim Bastinhas, João Moura Caetano, Marcos Tenório, Duarte Pinto e o venezuelano José Luís Rodriguez.

Quanto aos forcados, pegaram os académicos de Elvas, em solitário, os touros eram da ganadaria de Paulo Caetano.

Paulo Caetano num bom gesto de amizade e respeito à memória de Sebastião Tenório, deu lugar a Joaquim Bastinhas para iniciar o espectáculo. Quanto à lide de Bastinhas, o cavaleiro de Elvas esteve a gosto nesta homenagem póstuma a seu pai, chegando com facilidade às bancadas, onde não faltaram cites e ferros frontais, acabando da melhor maneira com o seu tradicional par de bandarilhas.

Paulo Caetano na segunda 2º lide da noite, toureando com muita classe, cravando ferros frontais lembrando os seus tempos de cavaleiro quando estava no activo.

O público também assim o entendeu, sendo bastante ovacionado nesta que foi a sua única corrida da temporada.

Quanto aos mais novos João Moura Caetano teve no seu estilo, com ferros de boa nota sobressaindo com a estrela da casa, o cavalo Passapé. Bonito gesto de João Moura Caetano saindo à arena na volta de agradecimento com o Passapé.

Marcos Tenório entrou em praça com vontade de triunfar, cravando quatro violinos de boa nota e acabando a sua lide com um par de bandarilhas.

Duarte Pinto veio a Elvas também com sede de triunfo, cravando ferros de praça a praça, lembrando o seu pai nos seus tempos de cavaleiro, sendo muito aplaudido.

O venezuelano José Luís Rodriguez também andou desembaraçado cravando ferros de boa nota, demonstrando, porém algumas debilidades.

No intervalo da corrida na entrada principal do coliseu foram descerradas duas placas alusivas ao acto intervindo o crítico taurino Francisco Morgado e o presidente da câmara de Elvas Rondão de Almeida numa intervenção muito sentida sobre o que foi o Sr. Sebastião Tenório como homem ligado ao mundo do campo e do cavalo e também como ser humano.

Quanto aos rapazes da jaqueta de ramagens também em dia de festa, pegaram os seis toiros à primeira tentativa, todas de boa nota. Pegaram Ivan Nabeiro ( na sua ultima pega como forcado e cabo) , a segunda pega foi para António Caldeira Patrício (novo cabo do grupo ).

A terceira pega foi para Afonso Bulhão Martins, numa das melhores pegas da noite. A seguir foi Paulo Maurício, depois Tiago Caldeira Fernandes, a ultima pega da noite foi para o carismático forcado Gonçalo Machado.

Quanto a mim foi a melhor pega da noite, sendo bastante aplaudida.

Quanto aos touros mostraram bravura, proporcionando triunfos aos intervenientes no espectáculo.

Boa entrada de público, para este espectáculo a favor de APPACDM de Elvas, mostrando assim que a tauromaquia é solidária.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.