Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

A tarde no Montijo foi de "Luís da Branquinha"

O Festival Taurino de beneficência a "Luís da Branquinha" registou meia casa solidária no Montijo.
10 de Outubro de 2011 - 22:18h Crónica por: - Fonte: - Visto: 3108
A tarde no Montijo foi de

A praça Amadeu Augusto dos Santos, abriu portas num festival de beneficência a "Luís da Branquinha". Meia casa preencheu as bancadas do tauródromo do Montijo. Público acompanhado de um calor abrasador que viu todos os cavaleiros dedicarem as suas lides ao antigo forcado da terra e desejando que a saúde se apodere de tão importante e castiça figura do meio taurino. O taurodromo.com também lhe endereça sorte e que pegue a saúde de caras.

O curro que saiu em praça, transcendeu as expectativas comuns de um festival taurino. Os novilhos das diferentes sete ganadarias saíram bem apresentados e com pelagens distintas.

Abriu praça o cavaleiro Rui Salvador que recebeu um novilho negro e imponente de cara, da ganadaria Vinhas. Com um oponente desinteressado por diante, o cavaleiro de Tomar colocou a ferragem comprida tentando atrair a atenção do novilho que se apresentava com pouca mobilidade. Nos curtos, o novilho subiu de interesse e produção, e a lide acompanhou o rendimento do oponente, que apesar da parca força, permitiu a Rui Salvador após o primeiro ferro, desenhar uma lide de ferros cravados de cima a baixo e com quiebros em terrenos de compromisso.

Para a cara do novilho foi Márcio Chapa, cabo do Grupo de Forcados da Tertúlia Tauromáquica do Montijo. Num cite em que mandou no oponente, fechou-se à córnea num embate suave, e em suave viagem foi até ao grupo que consumou à primeira tentativa.

Luís Rouxinol recebeu um exemplar de Fernandes de Castro que pareceu estar ligeiramente tocado no posterior direito e com interesse bastante além da lesão. Cravou três compridos com distinção, destacando-se o terceiro de alto a baixo e de bonito remate. Nos curtos, esteve sempre bem na brega, deixando o novilho em sorte. O segundo curto é de um enorme valor, em sorte muito carregada e citado de frente. Após uma rosa a sesgo, terminou a lide com um par de bandarilhas em sorte carregada e no corredor.

Carlos Morais dos Amadores do Montijo, pegou o novilho à segunda tentativa, fechando-se à barbela e com o grupo a consumar.

Ana Batista recebeu um bonito exemplar bragado de Sommer de Andrade. Nos compridos passou sem história. Nos curtos, perante um exemplar que nunca virou a cara à luta durante toda a lide, foi deixando a ferragem quase sempre à garupa e em sortes aliviadas. Terminou a lide com uma rosa a pedido das bancadas.

João Fialho, pelo Grupo de Forcados Amadores de Beja, efectuou uma boa e rija pega à segunda tentativa, a um novilho que arrancou com pata, fechando-se à barbela e numa dura e violenta viagem até às tábuas, bafejada de violentos derrotes, com o grupo a mostrar coesão e a consumar.

António Prates recebeu um exemplar castanho de Herdeiros de Conde Cabral. Andarilho e voluntarioso, o novilho pareceu ter sido mal escolhido para o jovem cavaleiro de Vendas Novas. António Prates teve dificuldade em deixar a ferragem curta, falhando vários ferros e com algumas passagens em falso. O novilho era fraco de carnes e António Prates, depois do que já lhe vi fazer, não se habituou a esse mesmo facto, ficando claramente a ideia que outra imponência nas rezes lhe é merecida para as lides. No final recusou-se a dar a volta à arena mas o público, que com justiça esteve sempre do seu lado, não permitiu tamanha desfeita e compreendeu o esforço e os seus critérios de exigência, tributando-o com aplausos e exigindo a volta.

Uma selecção de Antigas Glórias da forcadagem, estiveram na cara deste novilho com o jovem Valter da Tertúlia Tauromáquica do Montijo, com uma boa pega à primeira tentativa, fechando-se à barbela e com o grupo a fechar.

Um exemplar da ganadaria de José Samuel Lupi coube em sorte a Gilberto Filipe. Nos compridos passou sem nota de destaque. Nos curtos, andou solto na brega e a colocar o novilho em sorte. Merece uma nota de destaque, o segundo ferro curto, ferro em que citou largo e deu a primazia de arranque ao oponente. Após um ferro de palmo, terminou a lide com um par de bandarilhas que colocou no corredor.

Hugo da branquinha, acompanhado por uma selecção de velhas glórias da forcadagem, foi para a cara do novilho e efectuou o cite mais bonito da tarde. Mandou no toiro e fechou-se à barbela. Uma excelente primeira ajuda, acompanhou a viagem de Hugo acoplado no novilho, deixando-o sempre na cara da rês e com o grupo a consumar a pega.

Filipe Gonçalves recebeu um novilho negro e de córnea fechada, da ganadaria de Canas Vigoroux. Fiquei com a sensação que já vi aquela lide executada pelo furacão Algarvio anteriormente. Ferros ao quiebro e a abrir o quarteio demasiado cedo. O cavalo “bate palmas” chega facilmente às bancadas, aquece todos os que assistem e tornam as suas lides em triunfos auxiliados por piruetas nos remates. Para o final, o tradicional violino e um de palmo em terrenos cambiados.

Os Amadores do Montijo convidaram três elementos das antigas glórias da forcadagem e juntos auxiliaram Fernando Almeida que foi para a cara do novilho. Mandou no oponente e recuou o necessário, efectuando uma pega à primeira tentativa, fechando-se à barbela e com o grupo a consumar sem problemas de maior.

Duarte Pinto teve por diante um novilho negro, brocho, desinteressado e incómodo da ganadaria Dias Coutinho. Os compridos serviram somente para espevitar um exemplar que se passeava perdido em praça, apresentando evidentes e demasiado nítidas deficiências visuais. Nos curtos, colocou cinco ferros ao “piton” contrário a um oponente que se furtou a reunir e a rematar. Lide de trabalho para Duarte Pinto que fez pela vida para manter qualquer réstia de interesse do novilho cego.

Hugo Sampaio dos Amadores de Beja foi à cara juntamente com três elementos de Antigas Glórias da Forcadagem. Efectuou uma pega à segunda tentativa, fechando-se à barbela e com o grupo a consumar de imediato.

Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo

Cavaleiros Rui Salvador, Luís Rouxinol, Ana Batista, Gilberto Filipe, Filipe Gonçalves, Duarte Pinto e o cavaleiro amador António Prates. Forcados Amadores da T. T. Montijo, Montijo, Beja e Selecção de Velhas Glórias. Ganadarias várias.
09 de Outubro de 2011 - 16:30h Galeria fotográfica por: Rui Porfírio - www.ruiporfirio.jimdo.com
Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo Festival de Beneficiência a Luís Branquinho no Montijo
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.