Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Moura - "8 Bombas" que Explodiram Mansidão

No dia da comemoração do 40º aniversário os Couto de Fornilhos ofereceram uma prenda envenenada ao Grupo de Moura
11 de Setembro de 2011 - 14:31h Crónica por: - Fonte: - Visto: 4027
Moura -

Com as bancadas a três quartos a praça de toiros de Moura assistiu a uma corrida que é forte candidata à pior desta temporada. Temos de fazer um grande esforço mental para tentar encontrar algo de positivo na tradicional corrida integrada na Feira do Artesato. De todos os intervenientes que pisaram o ruedo, talvez o jogo de cabrestos tenha sido o único que cumpriu todas as suas funções sem cometer erros. Esperamos que nas bancadas não houvesse ninguém que tenha pela primeira vez assistido a uma corrida de toiros, porque se havia, essa pessoa certamente não voltará a entrar numa praça. Foram quatro agoniantes horas de corrida onde apenas se aguardava ver sair da arena o último toiro da noite!

Anunciavam-se "Oito Bombas” de Couto de Fornilhos, não se sabia bem porquê. Agora sabemos, era porque estavam destinadas a rebentar com a dignidade do Grupo de Forcados de Moura e com o bom nome desta praça de toiros. Se em apresentação pouco de negativo há para assinalar, de comportamento seis dos oito toiros foram mais mansos que um Limousine e os dois que, dentro do horrível, saíram “jeitosinhos” (3º e 8º), encontraram pela frente dois cavaleiros sem vontade de triunfar. A cavalo montou Joaquim Bastinhas, Rui Fernandes, João Moura Caetano (no dia do seu aniversário) e João Maria Branco. Pegava em solitário o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura, no dia da comemoração do 40º aniversário do grupo, com a presença de antigos e actuais elementos.

Não se sabe bem porquê, em primeiro lugar foi lidado um toiro com graves problemas de visão e a noite não podia começar de pior forma. Uma bronca gigantesca nos tendidos de Moura. Joaquim Bastinhas, frente a tal oponente cravou com grande dificuldade dois compridos e um curto e retirou-se do redondel. No segundo do seu lote não teve melhor sorte. Saiu-lhe um perdido de manso que a única coisa que procurou durante toda a lide foram as trincheiras. Ainda assim, Bastinhas fez das tripas coração e arranca a melhor lide da noite. Fez o possível e o impossível, pisou terrenos de grande compromisso e cravou ferros de grande mérito, desenhando a única lide em que o público se emocionou de verdade.

A Rui Fernandes tocou-lhe em sorte um lote com poucas possibilidades. O seu primeiro “pregou-se” à arena e “recusou-se a ser um toiro bravo”, o seu segundo até parecia que ia ser bom mas viria a revelar-se igual aos seus irmãos de camada, refugiou-se em tábuas e “jogou sempre à defesa”. Com isto pela frente, Fernandes esteve valente e soube dar a volta às dificuldades, cravando ferros de mérito e mostrando-se conhecedor dos terrenos, ainda assim pouco ou nada se conectou com os tendidos de Moura.

João Moura Caetano mandou recolher os bandarilheiros e parou com maestria o terceiro da noite. Muito prometia este exemplar de Couto de Fornilhos mas o aniversariante cravou o primeiro comprido nas espáduas do animal, diminuindo-lhe bastante as faculdades físicas. A partir daí a única coisa que se viu foi um Moura Caetano com uma enorme falta de poder e toreria, não sendo capaz de dar a volta às dificuldades que por sua culpa o animal apresentou. Frente ao segundo do seu lote, mais um toiro que a única coisa que procurava eram as suas querenças, Moura Caetano cravou a ferragem da ordem e retirou-se do redondel. Uma lide sem história numa “histórica corrida”.
 

O quarto da noite estava reservado para João Maria Branco. Um exemplar de Couto de Fornilhos que foi todo o contrário do que deve ser um toiro de lide. Um sacrifício ver esta actuação! Um toiro sem fijeza na montada, sem prontidão, sem mobilidade e sem fundo. Um dos cabrestos era sem dúvida dez vezes mais bravo que este toiro! Dito isto, escusado será falar na lide do cavaleiro. O segundo do seu lote (8º da corrida) viria a revelar-se o melhor toiro da noite. Num galope airoso e tomando a iniciativa no desenhar das sortes, este Couto de Fornilhos nem parecia ter vivido quatro anos ao lado dos outro sete desta corrida. Desafortunadamente, quando quase por milagre sai um toiro bom, diante dele apresenta-se um cavaleiro que parecia querer “jogar aos dardos” e que se retira do ruedo com o toiro em meio de lidar. Um desrespeito a quem paga para ver tourear.

Para o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura foi certamente uma das noites mais duras dos seus 40 anos de História. Sem conseguirem consumar uma única pega à primeira tentativa, foram inúmeros os forcados que foram levados para a enfermaria. Uma noite de tragédia para os valentes Homens que vestem a jaqueta do Grupo de Moura. Se verdade é que os toiros complicaram bastante a vida aos forcados, não é menos verdade que se viu as ajudas sempre muito carregadas, forcados da cara a ganharem terrenos a toiros com querenças em tábuas e um grupo com falta de coesão para aguentar as duras viagens das pegas onde os forcados da cara se conseguiram fechar. O primeiro da noite foi pegado a sesgo, com grande valentia, por Valter Rico, depois de várias tentativas frustradas de cernelha; o segundo por Rui Ameixa, numa pega duríssima ao segundo intento; o terceiro pelo cabo do grupo Pedro Acabado também à segunda tentativa; o quarto a sesgo por Rodrigo Vilhena ao quarto intento, depois de dobrar João Cabrita; o quinto à segunda por João Cabeça; o sexto por Xavier Cortegano também à segunda tentativa; o sétimo por Claudio Pereira, numa pega rija ao segundo intento; o oitavo foi pegado por Gonçalo Caeiro à segunda tentativa, depois de dobrar Carlos Sota que saiu lesionado.                  

Imagens da Corrida de toiros em Moura

Cavaleiros: Joaquim Bastinhas, Rui Fernandes, João Moura Caetano e João Maria Branco. Pegava em solitário o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura, no dia da comemoração do 40º aniversário.
11 de Setembro de 2011 - 19:54h Galeria fotográfica por: Hugo Veigas
Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura Imagens da Corrida de toiros em Moura
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.