Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Grande Tarde de Manuel Telles Bastos na Primeira da Feira de Abiúl

Numa casa preenchida pela metade, Manuel Telles Bastos espalhou classe na arena de Abiúl.
06 de Agosto de 2012 - 13:04h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1441
Grande Tarde de Manuel Telles Bastos na Primeira da Feira de Abiúl

A primeira corrida da Feira Taurina de Abiúl 2012, contou com meia casa forte para assistir a uma boa corrida de toiros e contou com um enorme Manuel Telles Bastos, que rubricou duas actuações de enorme categoria. No intervalo da corrida, a praça centenária de Abiúl, descerrou duas placas em homenagem a Luís Rouxinol pelos seus 25 anos de alternativa e aos 50 anos da ganadaria Brito Paes.

O curro da ganadaria Brito Paes no geral surgiu bem apresentado e cumpriu sem incomodar.

Luís Rouxinol abriu a feira frente a um oponente de 545Kg de peso, negro de capa, bisco do pitón direito e que perseguiu sempre sem incomodar. Recreou-se na brega do agrado das bancadas e após falhar o segundo curto, colocou a restante ferragem com critério até terminar com o par de bandarilhas a pedido do público. No quarto da tarde, recebeu um oponente de 555Kg de peso, negro de capa, algo reservado e que investia num tranco suave. Foi colocando a ferragem em sortes cingidas na garupa, tentou dar a primazia de arranque ao oponente que declinou sempre o convite, até ao par de bandarilhas e uma rosa com que terminou a sua passagem por Abiúl.

O segundo da tarde destinou-se a António Brito Paes. Negro listão de 520Kg de peso, que não incomodava e que exigia que lhe pisassem os terrenos. Brito Paes cravou a ferragem com ligeiras batidas, sofrendo toques e um empurrão violento. Tinha 610Kg de peso e pouca mobilidade o quinto exemplar da corrida. António Brito Paes sofreu novo empurrão violento no primeiro curto. Cravou os segundo e terceiro ferros ao estribo e nos médios, não sendo o ferro seguinte de igual resultado devido ao toque consentido.

A tarde foi de Manuel Telles Bastos, que lidou primeiro o último toiro da corrida, um andarilho com 535Kg de peso, pois o primeiro exemplar em sorte saiu diminuído da mão esquerda. Sem preocupações pelo tempo despendido na brega, cravou toda a ferragem de cima para baixo, sem defeitos. No último da tarde já noite, lidou o nobre sobrero de 525Kg de peso. Não há ferro que não tenha ficado na retina. Todos ao estribo, de um primor nas colocações, bregados e rematados a uma só mão. Uma lide de classe de Manuel Telles Bastos, o triunfador da primeira da Feira Taurina de Abiúl 2012.

Os Amadores de Montemor enviaram João Caldeira para a cara do primeiro da tarde. Fechou-se à córnea e com o grupo a consumar à primeira tentativa.

Manuel Augusto Ramalho viu o toiro partir e num embate rijo reuniu à córnea, empurrando até tábuas, com o grupo a fechar ao primeiro intento.

O cabo José Maria Cortes foi para a cara do quinto da tarde, e após tentativa falhada, ficou à mercê do astado junto à teia, tendo sofrido um par de investidas contra o estribo, ficando deveras maltratado, tendo sido enviado para o hospital de Leiria. Foi dobrado por Tiago Telles de Carvalho que efectuou um pegão à primeira tentativa. Reuniu à córnea e teve braços para aguentar os imensos derrotes do opoente, que sempre em crescendo de velocidade, foi sacudindo com violência, sempre com o forcado a aguentar até ao grupo, deixando a praça de pé.

Pelos Amadores da Chamusca, Igor Rabita foi para a cara do segundo da corrida. Reuniu à córnea e com o toiro a humilhar, à segunda tentativa.

O cabo Nuno Marques efectuou o cite mais bonito de toda tarde, em silêncio e medindo os passos com elegância e toreria. Reuniu num embate suave e à córnea, ao primeiro intento.

Fechou a corrida Emanuel Injai com uma boa pega ao segundo intento.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.