Domingo, 18 de Novembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Em Alcácer do Sal, a Tarde foi de João Moura Caetano e dos Amadores de Alcochete

Com os termómetros nos trinta e muitos graus, meia casa na praça João Branco Núncio em Alcácer do Sal, esperou pelo final da corrida para assistir a uma boa lide de João Moura Caetano, e à regularidade e competência dos Amadores de Alcochete.
25 de Junho de 2012 - 18:23h Crónica por: - Fonte: - Visto: 4158
Em Alcácer do Sal, a Tarde foi de João Moura Caetano e dos Amadores de Alcochete

Em plena época de campeonato europeu de futebol, uma mão cheia de corridas deu as boas vindas no primeiro Domingo de verão, com Alcácer a registar uma meia casa forte que enfrentou o calor abrasador da nova estação.

O público foi atraído pelo cartaz que anunciava um “Duelo de Titãs” entre três cavaleiros. Confusão? Nada disso! Se um duelo é um confronto entre dois intervenientes e existiam três no cartel, ou um deles não é titã e só restava saber qual, ou então eram os dois grupos de forcados os titãs e estava errada a localização do slogan no cartaz. Fui mais para a segunda hipótese.

Ao adquirir bilhete reparei que nenhuma destas seria a correcta, pois no seu castelhano impresso, indicava tratar-se de um “Duelo de Titas”. Ora, a tradução de um duelo de titas para português, é qualquer coisa como um Duelo de Gotículas. Aí sim, fiquei confuso! Bem, como ainda não li o novo acordo ortográfico, tenho de rapidamente o fazer, pois começo a sentir-me prejudicado pela minha propositada preguiça.

O curro Cunhal Patrício foi equilibrado em peso e variado na apresentação, com o quarto a parecer ser de uma linhagem diferente dos demais. Quanto ao comportamento ficou aquém do esperado, onde sobressaíram o quinto pelo bom jogo que deu (apesar de nunca humilhar) e pelo sexto que revelou transmissão nos compridos e nos primeiros curtos, mas que foi a menos no decorrer da lide.

João Moura abriu praça e tantos foram os capotazos dados ao oponente que nem se chegou a perceber o que lhe calhou em sorte. Assim que o astado entrou em praça, levou quase duas dezenas de lances e toca a correr para a montada debaixo de trinta e muitos graus. Um ferro comprido e mais meia-dúzia de capotazos. Outro ferro e outra dose. Muda de montada e no entretanto mais uns quantos quites no oponente. Cada custoso ferro colocado, mais uma inconsequente série era aplicada. No final abriu os braços queixando-se da matéria-prima.

No segundo diminuiu a dose de capotes mas calhou-lhe um manso, sem mobilidade e que premeditava em largas doses, exigindo que lhe pisassem e bem os terrenos. A lide desenvolveu-se com quiebros a milhas de distância do oponente, citando com os ferros quase na horizontal e colocando a cilhas passadas. Conseguiu nos últimos ferros dar qualquer coisa mais, entrando mais toiro a dentro, mas tarde demais para que triunfo obtivesse. No final quase que dava duas voltas à praça, aproveitando a boleia do pegão de Nuno Santana e do primeiro ajuda Fernando Correia dos Amadores de Alcochete.

Rui Fernandes cravou no primeiro da ordem um excelente terceiro ferro comprido, de alto-a-baixo e com o oponente a arrancar recto e pronto para a montada. Nos curtos cravou com sortes aliviadas, desenhadas por quiebros que empolgavam as bancadas. Prolongou a lide com dois curtos a pedido, deixando-se levar desnecessariamente pela exaltação do público.

No segundo, recebeu um negro bragado que ficava na zona dos tércios. A brega esteve em elevadíssimo destaque, preparando as sortes, fixando o oponente e colocando um magnífico primeiro curto, em terrenos de compromisso e dobrando no piton. A partir daqui bastou-lhe expor o seu manancial de adornos e piruetas para conquistar a meia casa presente na praça João Branco Núncio.

João Moura Caetano enfrentou um oponente que surgiu com pata para os compridos mas que perdeu todo o voluntarismo nos curtos. A lide arrastou-se no tempo com um total de quatro curtos cravados, por entre ferros pescados e com o segundo tendo sido falhado quando se preparava para colocá-lo como se de uma lança este se tratasse.

No segundo recebeu o melhor exemplar de toda a corrida, efectuou a melhor actuação da tarde, fazendo a banda soar logo ao segundo comprido. E que ferro! Com o toiro a partir de praça-a-praça, com o cavaleiro a aguentar a sorte e a cravar de cima para baixo. Repetiu a mesma sorte no comprido seguinte, resultando mais aliviada. O toiro manteve o comportamento até ao primeiro curto, onde cravou outro ferro tão bom quanto o segundo comprido. Nos seguintes, o oponente foi a menos e exigiu o encurtamento das distâncias. João Moura Caetano atendeu ao pedido, colocou o segundo a sesgo, junto a tábuas e dobrando-se no piton. Terminou a lide como começou, cravando de cima para baixo. Pena que não tenha efectuado remates ao toiro preparando logo a sorte seguinte, enquanto teve toiro para isso. Contudo, é dele a melhor lide da corrida, aquela que teve mais emoção, transmissão e verdade.

 

Na forcadagem os Amadores de Lisboa tiveram uma tarde dura e com dificuldades. Efectuaram três pegas à terceira, com os forcados da cara Miguel Nunes, Daniel Batalha e Pedro Miranda, que dobrou Bernardo Patinhas que caiu desamparado com a nuca na arena, ficando imóvel e transportado para o hospital.

Pelos Amadores de Alcochete, Ruben Duarte viu o toiro partir com pata, reunindo à córnea e com uma excelente primeira ajuda a fixar a reunião até ao grupo que consumou à primeira tentativa.

Nuno Santana efectuou a pega da tarde, com o toiro a premeditar uma barbaridade até partir com pata, reunindo à córnea e com o primeiro ajuda Fernando Correia a ser precioso e fundamental, com um piton no peito durante uma viagem que fugiu a todo o grupo, por entre imensos derrotes, grupo que apareceu para consumar também ao primeiro intento.

Fechou a corrida o cabo do grupo Vasco Pinto, com uma pega à segunda tentativa, reunindo de forma rija e bem audível à córnea, com o grupo a fechar a pega de forma coesa.

Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal

Cartel composto por João Moura, Rui Fernandes e João Moura Caetano. Pegaram os Amadores de Lisboa e Alcochete. Foi lidado um curro de toiros da ganadaria de Cunhal Patrício.
25 de Junho de 2012 - 03:00h Galeria fotográfica por: Estevão Nunes
Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal Imagens da Corrida de Toiros em Alcácer do Sal
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.