Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Tiago Carreiras triunfa em S. Manços

O cavaleiro Tiago Carreiras foi o grande triunfador da tarde no festival taurino a favor do Fundo de Assistência do Grupo de Forcados Amadores de S. Manços, domingo dia 14 de Outubro.
15 de Outubro de 2012 - 19:47h Crónica por: - Fonte: - Visto: 1630
Tiago Carreiras triunfa em S. Manços

A castiça praça de São Manços abriu as portas no domingo dia 14 de Outubro para receber o festival taurino a favor do Fundo de Assistência do Grupo de Forcados Amadores de S. Manços.

O cartel era composto pelos cavaleiros Tito Semedo, Marco José, Brito Paes, Joana Andrade, Tiago Carreiras e Andrés Chica. As pegas tiveram a cargo de 3 grupos de forcados: S. Manços, Cascais e Monforte. Numa Tarde em que foram lidados 6 de toiros de Benjumea. Saíram bem apresentados mas pouco transmitiram, à excepção do quinto da ordem que deu emoção à tarde.

Nas bancadas esteve pouco público, numa tarde ameaçada pela chuva.

O espectáculo teve alguns momentos marcantes dos quais destaco a lide de Tiago Carreiras a quem coube em sorte o quinto da ordem. O exemplar de Benjumea saiu com pata dos curros saltando directamente para a trincheira, o que provocou pânico e emoção nas bancadas. Durante a lide Tiago Carreiras arriscou e cravou dois ferros curtos de cortar a respiração, em terrenos de compromisso, entusiasmando o público, quebrando a monotonia que se vivia na praça.

Outro momento bonito foi sem dúvida a segunda pega do grupo da terra por intermédio de João Rocha. O forcado concretizou ao primeiro intento uma pega rija com o grupo a ajudar e a consumar com coesão. Nuno Leal saltou à praça para pegar o primeiro toiro da tarde à segunda tentativa.

Do grupo de Cascais Ventura Doroteia pega à primeira tentativa sendo magnificamente ajudado pelo segundo ajuda Luís Amador. Para a primeira pega do grupo foi à cara Carlos Ricardo sendo dobrado pelo cabo Joel Zambujeira que concretizou ao terceiro intento a sesgo e com as ajudas carregadas.

Por Monforte destaco a última pega do forcado Dinis Pacheco a fechar-se muito bem à barbela e a concretizar ao primeiro intento com o grupo a fechar com coesão. Para a primeira pega do grupo foi à cara o forcado João Diogo Pereira que resolveu à primeira, faltando as ajudas.

No decorrer do festival tivemos o privilégio de assistir a uma pequena demonstração de como se faz o maneio de um jogo de cabrestos, após a recolha de um dos toiros aos curros.

Quanto aos restantes intervenientes no espectáculo as lides não resultaram da melhor forma. Tito Semedo andou irregular, Marco José andou muito aliviado nas sortes, Brito Paes desenhou uma lide sonsa, Joana Andrade sentiu dificuldades acrescidas para colocar a ferragem curta, não se entendendo com as montadas, acabando por escutar vários avisos. Andrés Chica pouco ou nada fez durante a lide.

 Para terminar deixo ainda uma nota para a quantidade de pessoas que circulavam e se encontravam na trincheira!

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.