Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Grande corrida de toiros no encerramento da temporada da Arena d' Évora.

Grande corrida de toiros no encerramento da temporada da Arena d' Évora, perante uma boa casa.
21 de Outubro de 2013 - 12:57h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1738
Grande corrida de toiros no encerramento da temporada da Arena d' Évora.

Boa tarde de toiros no encerro de temporada na Arena d´Évora, dedicada aos Bombeiros Voluntários de Évora.

Em praça seis cavaleiros da empresa das exclusivas, António Ribeiro Telles, João Salgueiros, Rui Fernandes, Vitor Ribeiro, Gilberto Filipe e João Telles Jr. o grande triunfador da temporada.

As pegas estavam a cargo dos Amadores de Évora e Alcochete. Foram lindos toiros da ganadaria espanhola de José Luís Pereda - La Dehesilla.

Abriu praça o maestro António Telles perante um exemplar de 479kg, colocou três bons compridos, sorte em que o maestro da Terrinha é exímio. Nos curtos é aquilo que já se sabe, António adequou a lide ao tipo de loiro que tinha pela frente e com fortes frontais muito bem preparadas alcançou um grandes de êxito que infelizmente nem sempre é devidamente reconhecido.

O segundo da ordem coube ser lidando por João Salgueiro e tinha o peso de 530kg. Cumpriu nos compridos bem a função. Nos curtos vimos um maestro de Valada do Ribatejo citar de praça a praça, reunindo no centro da arena com uma ligeira batida na cara do toiro cravando excelentes ferros. Salgueiro preparou, cravou e rematou as sortes de forma exemplar.

A Rui Fernandes tocou em sorte um toiro de 460kg. Nos compridos colocou um segundo ferro descaido, perante um toiro a pedir contas ao cavaleiro. Nos curtos a lide foi a mais com sortes frontais e cingidas, no entanto não deixamos de notar o constante uso do capote no decorrer da lide. Terminou com a sua actuação com dois curtos frontais rematados com piruetas.

O quarto toiro da ganadaria espanhola foi lidando por Vitor Ribeiro e pesava 555kg. O cavaleiro que reapareceu este ano teve um início de lide muito auspicioso, dobrando-se muito bem com o oponente colocando três bons ferros, muito bem rematados. Nos curtos Vítor colocou a carne no assador e com ligeiras batidas ao piton contrário levou emoção às bancadas com uma excelente lide.

Coube a Gilberto Filipe a lide comdo quinto da ordem com uma 540kg numa lide trindade aos bombeiros voluntários de Évora. Nos compridos iniciou a função com um ferro descaido mas logo a seguir emendou a mão com dois bons ferros. Nos curtos o cavaleiro teve uma lide esforçada perante um toiro tardo que em nada facilitou o labor do ginete.

Fechou a boa tarde de toiros o jovem cavaleiro da Torrinha. João Telles Jr. que esta temporada tem somada êxitos consecutivos em Espanha e Portugal lidou um toiro de toiros 490kg, na ferragem comprida Ginja recebeu o toiro sem auxílio dos bandarilheiros, dobrando-se bem com o toiro, colocando dois bons ferros. Nos curtos o jovem da Torrinha estava decidido em alcançar o triunfo e para isso baseou a sua lide em fortes frontais com batidas ao piton contrário levando emoção às bancadas relatando às fortes com ladeios na cara do toiro. Pena algumas passagens em falso que resfriaram a actuação de Telles Jr., quando o toiro foi a menos

Numa tarde como esta de toiros a ganadaria espanhola de D. José Luís Perda e La Desehilla esteve à altura dos acontecimentos com um carro que levou emoção às bancadas eborenses.

Pelos Amadores de Évora pegaram, Ricardo Casas Novas primeira tentativa, Ricardo Sousa à terceira tentativa e Luís Caeiro brindado aos bombeiros de Évora efectuou a pega à quarta tentativa.

Pelos Amadores de Alcochete pegaram, Fernando Quintela à primeira tentativa numa excelente pega, Diogo Timóteo à segunda tentativa numa pega de muito crer e Pedro Viegas que brindou aos homenageados da noite pegou à primeira tentativa.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.