Quinta-feira, 20 de Julho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Rouxinol e Amadores de Santarém vencem prémios no Coliseu de Redondo

Luís Rouxinol e Amadores de Santarém vencem os prémios em disputa no Coliseu de Redondo, perante uma praça cheia.
04 de Agosto de 2014 - 15:52h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 800
Rouxinol e Amadores de Santarém vencem prémios no Coliseu de Redondo

Boa entrada de público no Coliseu de Redondo para mais uma tradicional corrida de toiros. Em praça os cavaleiros Rui Salvador, Luís Rouxinol e Vítor Ribeiro. Nesta noite as pegas ficaram a cargo dos Amadores de Santarém e Redondo. Foram lidados toiros da ganadaria Varela Crujo.

Antecedeu a homenagem da Tertúlia Tauromáquica Redondense aos 30 anos de alternativa de Rui Salvador. E um minuto de silêncio em memória de António Morgado.

Abriu praça Rui Salvador o cavaleiro dos ferros impossíveis diante de um toiro de 507kg. Colocou dois compridos regulares com o toiro a sair dos curros diminuído da mão esquerda. Nos curtos o cavaleiro de Tomar não teve tarefa fácil, diante um toiro que pedia que lhe pisassem os terrenos para a colocação da ferragem, que acabaram por ser alguns à garupa do que cavalo.

Na sua segunda lide calhou-lhe em sorte um exemplar de 535kg. que também vinha coxeando dos curros no membro inferior direito. Nos compridos Salvador cumpriu a "papleta" nos curtos rubricou uma lide templada limitando-se a pouco mais que a cumprir com a ferragem da ordem dadas as limitações do toiro, mesmo assim a entrega do maestro de Tomar foi patente.

Luís Rouxinol teve por diante um toiro de 505kg. Nos compridos cumpriu e nos curtos empolgou as bancadas. O toiro era algo reservado mas Rouxinol entendeu bem o que tinha pela frente, preparou os ferros com ladeios justos executando bem as sortes. Fechou a lide com um bom ferro de palmo e o habitual par de bandarilhas.

O segundo do seu lote tinha 560kg. Iniciou a série dos compridos com um ferro descaído mas logo de seguida emendou a mão com dois bons ferros. Nos curtos a bordo da égua Viajante rubricou mais uma lide de grande nível com sortes frontais batendo ao piton contrário do toiro.

Vítor Ribeiro fechava a terna de cavaleiros. No primeiro do seu lote, um toiro de 510kg, Ribeiro cumpriu nos comprimidos com 3 ferros e nos curtos teve uma lide empolgante, disfarçando a mansidão do toiro colocando ferros com ligeiras batidas ao piton contrario.

Vítor Ribeiro fechou praça com um Varela Crujo de 530kg. Nos compridos colocou três ferros “en su sitio". Com nova montada já na ferragem curta pisou terrenos de compromisso e colocou ferros de frente chegando uma vez mais às bancadas.

Quanto aos toiros da divisa de Varela Crujo, estavam bem apresentados mas mansos na sua generalidade.

Pelos Amadores de Santarém foram solistas, Lourenço Ribeiro à primeira numa grande pega, João Grave e também Salvador Ribeiro à primeira tentativa.

Pelos Amadores de Redondo, Hugo Figueira à segunda numa grande pega, Ricardo Prior à segunda e Rui à primeira tentativa.

No final foi entregue o prémio Simão da Veiga Jr. ao cavaleiro Luís Rouxinol pela sua primeira lide. O prémio Miguel Capinha Alves para a melhor pega foi entregue aos Amadores de Santarém premiando o forcado Lourenço Ribeiro.

Para terminar temos a lamentar que um cavaleiro com 30 anos alternativa como Rui Salvador tenha sido “sujeito” a lidar dois toiros que saíram tocados dos currros, sendo a situação do seu segundo toiro bem mais flagrante que a primeira.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.