Sábado, 24 de Junho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

"La Concha Flamenca" para Manzanares en El Puerto!

Triunfo de Manzanares em El Puerto de Santa María no día 10 de Agosto.
12 de Agosto de 2014 - 13:47h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 733

Com a praça completamente cheia, uma temperatura por volta dos 33 graus, esperava-se uma tarde grande de toiros.

Mesmo antes de começar já se sentia uma enorme espectativa sobre a corrida e, o público como sempre é habitual nesta praça, estimula os toureiros inrrompendo em palmas, mesmo antes do “paseíllo” começar.

“ En el callejón” Don Rafael de Paula, “O príncipe de Jerez” assistia ao desenrolar dos acontecimentos.

Apresentavam-se toros da ganadaría de Zaldueño que viriam a revelar-se escassos en “trapío” e “poder”, fracos de força e baixos de compleiçao.

Finito de Córdoba cumpriu os mínimos exigidos com dois toros fracos e de investida pouco firme. Escutaram-se aplausos de cortesia para Finito.

“La mala racha” de Morante repetiu-se, tendo lidado 2 sobreros en ambas as lides, dado que 3 dos 4 toros partiram uma das hastes quando remataram no burladero e um no cavalo do picador. Entretando no quarto de Morante o público manifestava-se com “Ai,ai,ai!” quando o toro corria em direcçao a qualquer “burladero”, criando um ambiente de boa disposiçao e ânimo para o diestro.

Trajando de “mandarina y oro” deixou o de La Puebla um par de “chicuelinas” e alguns remates de “bueno gusto”. Esperava o público muito mais de José António, mas mesmo assim, escutaram-se palmas para o “maestro”.

José Maria Manzanares lidou o primeiro com a maestria que se lhe reconhece,matando á segunda mas, mesmo assim, foi premiado com uma orelha.

A Glória estaría guardada para o sexto de Manzanares que ”de menos a mais” ,foi evoluindo e proporcionando o brilho e a emoçao com a muleta do maestro de Gandía.

Ao som da peça musical “Concha Flamenca” deu-se entao o espectáculo esperado. Com passes verdadeiramente espectaculares e de "bueno gusto", arte e colocaçao, José Maria Manzanares desenvolveu uma lide em que se deixou conducir pela espectacular “Banda de Música” que conseguiu ligar a peça musical aos passes do toureiro, para gáudio dos espectadores que vibraram e gritaram “olés” durante o espectacular solo de trompete.

A quadrilla de Manzanares esteve no seu melhor colocando pares de banderillas de execuçao espectacular e séria, Curro Javier, Luís Blázquez y Rafael Rosadesmonteraron para agradecer o entusiasmo do público. "Chocolate" foi ovacionado em todos os "tendidos" dada a qualidade do seu desempenho em ambos os toiros.

Jose Maria Manzanares saíu em ombros, nao antes de agradecer e oferecer as duas orelhas á Banda Musical que contibuiu para a festa e, na verdade, também ela soube tourear com maestria.

Mais uma vez as palavras de Joselito “El Gallo” de fizeram ouvir:      

“Quien no ha visto una corrida en El Puerto, no sabe lo que es una tarde de toros!”

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.