Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Baião é casa cheia

Realizou-se no passado sábado, a tradicional corrida de toiros integrada nas festas de São Bartolomeu, em Baião. Carlos Pome dos amadores de Redondo venceu o troféu para a melhor pega e Rui Salvador protagonizou a melhor lide da tarde.
24 de Agosto de 2014 - 21:41h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1419
Baião é casa cheia

No passado sábado, Baião recebeu a tradicional corrida de toiros por ocasião das festas de São Bartolomeu e de homenagem do povo do norte a Rui Salvador pelos seus 30 anos de alternativa.

O cartel foi composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Marco José e Parreirita Cigano.

Pegaram os forcados amadores de Arronches, Redondo e Coimbra que disputaram entre si o troféu para a melhor pega.

Anunciados estavam 6 Prudêncios, e na realidade foram lidados apenas quatro desta ganadaria, pertencendo os restantes a Paulino da cunha e Silva e a José Salvador, todos bem apresentados.

Com casa cheia e um público entusiasta a tarde teve alguns pormenores interessantes, no que diz respeito aos toiros os Prudêncios saíram mansos à excepção do ùltimo da tarde que acabou por cumprir.

Rui Salvador protagonizou duas lides distintas. A primeira não teve o brilhantismo esperado frente ao exemplar de Paulino da Cunha e Silva que saiu algo reservado. Na segunda lide teve por diante um Prudêncio manso a adiantar-se.  O cavaleiro andou muito acima do oponente protagonizando uma boa lide. Destaque para o terceiro, quarto e quinto curto de boa nota.

Marco José não teve sorte com o seu lote. O primeiro exemplar pertencia a José Salvador, era reservado e a lide não resultou da forma desejada. O seu segundo era um Prudêncio manso a fechar-se em tábuas. Perante tão pouca matéria prima Marco José teve o seu mérito e o público compreendeu o esforço do cavaleiro.

Parreirita Cigano despertou alguma curiosidade nas bancadas talvez pelo nome. O primeiro exemplar apresentou problemas nos quartos traseiros e era um manso a descair para tábuas, o jovem andou desembaraçado. Na segunda lide Parreirita Cigano teve um exemplar que cumpriu, deixando bons pormenores do seu toureio. Foi de frente e cravou o segundo e quarto curto de boa nota.

Quanto ao capítulo das pegas pelos amadores de Arronches Fábio Miléu fechou-se à barbela concretizando à primeira tentativa. Duarte Gato concretizou ao terceiro intento e a sesgo com as ajudas carregadas.

Carlos Silva pegou à quinta tentativa a sesgo com as ajudas carregadas, e Carlos Pome fechou a tarde dos amadores de Redondo com uma pega à primeira.

Pelos amadores de Coimbra foram caras: Pedro Silva a consumar à segunda tentativa e Diogo Pereira ao primeiro intento.

 

O troféu para a melhor pega foi para o forcado Carlos Pome dos amadores de Redondo.

 

No intervalo da corrida Rui Salvador e o seu apoderado  José Carlos Amorim foram homenageados pelo presidente da câmara de Baião Dr. José Luís Carneiro.

 

 

 

 

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.