Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Vila Viçosa - Sol, Espectativa e Desilusão.

Um cartel superiormente rematado e uma excelente tarde sol, eram ingredientes mais do que suficientes para que a expectativa daqueles que, em bom número, se deslocaram a Vila Viçosa fosse elevada.
17 de Março de 2014 - 09:55h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1297
Vila Viçosa - Sol, Espectativa e Desilusão.

Um cartel superiormente rematado e uma excelente tarde sol, eram ingredientes mais do que suficientes para que a expectativa daqueles que, em bom número, se deslocaram a Vila Viçosa fosse elevada. Infelizmente, a qualidade (ou a falta dela) dos hastados lidados fez com ela saísse gorada.

António Telles abriu praça lidando um novilho de J.L.Cochicho que nada tinha para se lhe sacar ainda assim, cravou-lhe alguns ferros de grande correção.

João Salgueiro teve actuação positiva, com destaque para os últimos ferros da sua lide ao Pinto Barreiros que lhe coube em sorte e que serviu e teve algum som.

Rui Fernandes, só fruto da sua arte e saber e com as ganas que se lhe conhecem, conseguiu sacar o impossível a um novilho de Torre de Onofre, que não serviu minimamente.

João Moura Jr foi o autor da única faena digna desse nome. Lidou um bom exemplar de F. Romão Tenório com classe, maestria e muitas ganas, como é seu apanágio. Da brega à execução das sortes, da cravagem e remates aos adornos, mostrou que está um senhor toureiro. Um importante triunfo!

Marcos Bastinhas desenvolveu uma lide alegre e movimentada, ao estilo Bastinhas, a um novilho do Engº Luis Rocha que se deixou lidar sem nunca se fixar. Destaque para o último curto de praça a praça e para o par a duas mãos com que terminou a lide.

João M Branco recebeu o Grave à porta gaiola dobrando-se com ele nos médios de forma vistosa. Diante dum exemplar bem apresentado mas que cedo se foi para tábuas, o jovem cavaleiro de Extremoz foi à procura do triunfo assentando o seu toureio no querer e na entrega mostrando ter argumentos para ultrapassar as dificuldades que o toiro lhe criou.

Sem grandes dificuldades pegaram os grupos de forcados de S. Manços (José Fortunato 1ª e Manuel Vieira 2ª), Ac. de Elvas (António Machado 2ª e Afonso B Martins 2ª) e Monsaraz (Paulo Carrilho 1ª e Rui Rodrigues que dobrou André Mendes após 2 tentativas falhadas).

Este 5º festival da Rádio Campanário que se iniciou com uma procissão, durante a qual o andor com a imagem de Nª Srª da Conceição foi carregado pelos toureiros, foi dirigido por Agostinho Borges assessorado pelo médico veterinário Dr. Joaquim Guerra.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.