Domingo, 19 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Luís Rouxinol triunfa no Campo Pequeno

Na passada quinta-feira a praça de toiros do Campo Pequeno abriu as portas para receber mais uma nocturna. Com ¾ de casa preenchida o espectáculo resultou agradável numa noite onde houve toureio para todos os gostos.
21 de Agosto de 2015 - 21:05h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 797
Luís Rouxinol triunfa no Campo Pequeno

Na passada quinta-feira a praça de toiros do Campo Pequeno abriu as portas para receber mais uma nocturna.

 Um cartel interessante composto por João Moura, António Telles e Luís Rouxinol. Pegaram os forcados amadores de S. Manços, Real grupo de Moura e Chamusca. Lidaram- se toiros de Santa Maria, bem apresentados, à excepção do sexto da ordem. Na generalidade deixaram-se lidar, sendo o terceiro e sexto da noite o pior lote, mansos.

João Moura protagonizou uma boa lide no primeiro da noite. Nos compridos andou correcto. Nos curtos a lide foi em crescendo, destaque para o quarto e sexto curto. No segundo do seu lote, o melhor toiro da corrida, o que mais transmitiu, Moura chegou facilmente às bancadas com o seu toureio, terminando de forma positiva a lide com dois palmitos aplaudidos pelo público.

António Telles também não deixou créditos por mãos alheias. Levou o toiro empapado na garupa, colocou-o em sorte, cravou o segundo curto de boa nota. A curtas distâncias deixou mais dois curtos de nota positiva, a terceira e quarta bandarilha. Na segunda atuação, o cavaleiro da Torrinha deu a “volta” ao Santa Maria que se adiantava ligeiramente. 

Luís Rouxinol teve por diante o pior lote. Os mansos também têm lide e com eles é possível triunfar e Luís Rouxinol demonstrou-o na passada quinta-feira. O exemplar de Santa Maria “fechou-se ” em tábuas após o primeiro curto. Rouxinol entendeu o oponente e deu-lhe a lide adequada. A actuação foi em crescendo e o público correspondeu com fortes ovações ao desempenho positivo do cavaleiro. Na segunda actuação, Luís Rouxinol mais uma vez colocou a carne no assador e protagonizou outra boa lide. Terminou com um par de bandarilhas nos médios e um ferro de palmo com o público rendido ao seu toureio.

 

No capítulo das pegas, João Fortunato pelo grupo de S. Manços consumou à segunda tentativa e Pedro Fonseca efectivou uma boa pega ao primeiro intento.

Real grupo de Moura por intermédio de Xavier Cortegana pega à segunda tentativa.O forcado da cara fechou-se bem de pernas e braços. Valter Rico concretiza à segunda tentativa do grupo.

Pelos Amadores da Chamusca foram caras João Neves à primeira e Luís Isidro o terceiro intento com as ajudas carregadas.

 

Com ¾ de casa o espectáculo resultou agradável numa noite onde houve toureio para todos os gostos.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.