Domingo, 19 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

40º. Aniversário do Grupo de Forcados do Aposento da Moita

Primeira corrida de toiros da temporada na Moita
25 de Maio de 2015 - 21:35h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1022
40º. Aniversário do Grupo de Forcados do Aposento da Moita

 Praça de Toiros “Daniel do Nascimento” na Moita, domingo 24 de Maio de 2015, primeira corrida de toiros da temporada inserida na tradicional e anual Feira de Maio.

Cartel composto por seis cavaleiros de alternativa como são Joaquim Bastinhas, Rui Salvador, Sónia Matias, Marcos Bastinhas, Tiago Carreiras , João Maria Branco e a cavaleira praticante Mara Pimenta.

Um só Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita, que festejavam 40 anos de existência, facto que levou os atuais e antigos forcados a fardarem-se ontem, entre os mesmos alguns nomes fizeram-se notar por não se fardarem, e estarem na bancada como espetadores como foram os casos de João Simões e Tiago Ribeiro

Lidaram e pegaram um curro de toiros com a divisa e ferro da Ganadaria Ascenção Vaz

Assim foi a primeira parte desta corrida:

Joaquim Bastinhas, lidou o primeiro da tarde de pelagem preta, axiblanco e bragado corrido, brindou a assistência com uma agradável lide e com bons ferros com o seu timbre, cravou dois compridos, o primeiro foi muito bom e o segundo ficou ligeiramente descaído, na série dos curtos cravou três ferros com destaque para os dois primeiros, depois cravou um ferro de palmo para finalizar a lide, mas a pedido insistente do público cravou um bom par de bandarilhas de excelente colocação e em terrenos de dentro.

Rui Salvador, lidou o segundo toiro da tarde de pelagem preta, com o peso de 545 quilos e o número 28, teve por diante um toiro com pata, que criou bastantes dificuldades de lide, mas o cavaleiro de Tomar, soube dar conta do recado e com o empenho, que teve ao longo da lide cravou bons ferros, nos compridos destaco o primeiro que foi muito bom, pois o segundo ficou ligeiramente descaído, na série de curtos cravou cinco ferros com realce para segundo, e quinto este a pedido do público, Atuaçao muito agradável com garra perante um oponente difícil.

Sónia Matias, lidou o terceiro toiro da tarde de pelagem preta e meano, com o peso de 490 quilos e o numero 37, começou o seu labor um pouco nervosa, pois viu-se da forma como cravou os dois ferros compridos, dado que o primeiro ficou descaído e o segundo traseiro, encastou-se e subiu de nível a sua atuação, cravando bons ferros numa série de cinco curtos, com realce para o primeiro, terceiro em sorte de violino, o quarto em terrenos de compromisso ou seja por dentro, sendo este o melhor ferro da série. Atuação muito agradável desta cavaleira.

Marcos Bastinhas, lidou o quarto toiro da tarde de pelagem preta, bragado corrido e axiblanco, com o peso de 480 quilos e o número 38, deu início a uma atuação de muita entrega e valor com b om toureio, cravando dois ferros compridos com destaque para o segundo que foi de excelente qualidade, cravou depois uma série de quatro ferros curtos com destaque para os dois primeiros que foram muito bons, para finalizar a sua lide a pedido insistente do público cravou um par de bandarilhas em terrenos por dentro e de aperto de excelente qualidade. Foi o triunfador da tarde, pois executou quanto a minha a melhor atuação da tarde.

Segunda parte da corrida                                                                                                    

Tiago Carreiras, lidou o quinto toiro da tarde de pelagem preta listão, com o peso de 515 quilos e o número 39, deu início ao seu labor cravando dois ferros compridos de boa qualidade, na série dos curtos cravou cinco ferros com destaque para o segundo, terceiro e quinto, que foram muito bons. Sofreu uma grande e aparatosa colhida em terrenos apertados, após cravar o segundo ferro da tarde. Atuação de garra e empenho muito agradável deste jovem cavaleiro.

João Maria Branco, lidou o sexto toiro da tarde de pelagem preta bragado, com o peso de 500 quilos e o número 34, na série de ferros compridos cravou dois de boa qualidade, na série dos curtos cravou cinco ferros com realce para o primeiro e segundo da série, embora os outros também tenham sido de qualidade. Atuação bastante agradável deste cavaleiro

Mara Pimenta, lidou o sétimo e último toiro da tarde de pelagem burraca, com o peso de 456 quilos e o número 32, deu início à sua atuação, cravando dois ferros com,pridos de boa nota, passou para a série dos curtos e cravou cinco ferros curtos, com destaque para o terceiro, quarto e quinto, finalizou a sua atuação com um ferro de palmo ou palmito. Agradavel atuação desta jovem cavaleira.

O Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita, em tarde de aniversário estiveram muito bem e com eficácia na hora de consumar pega a pega, assim do primeiro ao sétimo foram caras os seguintes forcados:

Diogo Gomes pegou muito bem à barbela à primeira;

Luis Peças dos antigos forcados executou uma rija pega à segunda tentativa, pois na primeira por falta de ajudas não consumou a sorte, conseguindo com garra, valoe e boas ajudas pegar à segunda;

Francisco Baltasar pegou bem à barbela o terceiro toiro;

José Pedro Pires da Costa, pegou bem à primeira o quarto toiro, fechando-se à barbela;

José Henriques pegou o quinto à primeira e à córnea sendo muito bem ajudado;

João Rodrigues pegou bem à barbela numa rija pega o sexto toiro;

Martin Afonso pegou o sétimo a barbela sendo muito bem ajudado pelo grupo

O curro de toiros da Ganadaria de Ascenção Vaz, estava muito bem apresentado com pesos entre os 456 e os 550 quilos.

A corrida foi dirigida pelo Delegado do IGAC, Senhor João Cantinho.

Corrida muito agradável de assistir, e estou ciente que o aficionado saiu satisfeiro do que presenciou.

Deixamos aqui um agradecemento ao Senhor João Pedro Bolota, pela forma como nos recebeu uma vez mais numa praça sua.

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.