Segunda-feira, 27 de Março de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Francisco Correia Lopes triunfa no Campo Pequeno

Francisco Correia Lopes foi o grande triunfador da novilhada de promoção de novos valores que se realizou, no passado dia 11 de Agosto, no Campo Pequeno.
12 de Agosto de 2016 - 19:10h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 428
Francisco Correia Lopes triunfa no Campo Pequeno

O Campo Pequeno abriu as portas para receber no passado dia 11 de Agosto a novilhada de promoção de novos valores. Sem dúvida que o futuro da festa passa pelos mais jovens.


Com uma boa moldura humana relativamente a anos anteriores, vimos coisas boas outras menos boas, quiça fruto de algum nervosismo, provocado pela peso da responsabilidade.


De todos os intervenientes Francisco Correia Lopes foi o mais surpreendeu pela positiva. O sentido de lide, a preocupação de fazer as coisas bem feitas frente ao colaborante novilho do Eng.Luís Rocha. Protagonizou uma lide em crescendo, cravando três ferros de muito boa nota . João Galhofas pelo grupo de forcados amadores de Alter do Chão pegou ao primeiro intento.


Cláudia Almeida andou com desembaraço e muito aliviada na sortes, mesmo assim, chegou facilmente ao público. Terminou a sua actuação com um par de bandarilhas no corredor. Pelos forcados amadores de Alter foi cara João Tita efectivando à terceira tentativa.


Francisco Núncio acusou o peso da responsabilidade. As coisas não correram bem. Enfrentou um manso de Santa Maria onde foi visivel a falta de conhecimento de terrenos, levando alguns toques. Marco Pires dos amadores de Alter concretizou a pega ao terceiro intento.


A pé João Martins lidou o novilho da ganadaria David Ribeiro Telles. Recebeu bem de capote, cravou três bons pares de bandarilhas. Na muleta andou com ofício frente ao manso novilho de David Ribeiro Telles.


Sérgio Nunes teve por diante o pior novilho um manso de Canas Vigouroux. Luziu-se no capote. Na muleta mostrou entrega, embora a lide resultasse sem brilho face às escassas condições do novilho.


Paula Santos teve por diante um bom novilho de Murteira Grave. Encantou as bancadas talvez por ser "mulher". Tem valentia. Mas muitas arestas ainda por limar. Durante a sua actução sofreu uma voltareta, e abreviou desta forma a faena.

No início das cortesias guardou-se um minuto de silêncio pelo ganadero D. João Passanha, pelo matador de toiros José Falcão, pelo cavaleiro Jose Varela Crujo, e pelas vitimas dos incêndios.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.