Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Juan José Padilla abre porta grande do Campo Pequeno

Juan José Padilla, chegou facilmente ao público pela forma como interpretou o seu toureio, na passada quinta-feira na praça de toiros do Campo Pequeno.Cinco voltas à arena e saiu em ombros pela porta grande.
15 de Julho de 2016 - 17:30h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 633
Juan José Padilla abre porta grande do Campo Pequeno

 Juan José Padilla, um verdadeiro herói. É um exemplo de coragem e valentia.  Padilla, chegou facilmente ao público pela forma como interpretou o seu toureio, na passada quinta-feira na praça de toiros do Campo Pequeno.

No primeiro do seu lote recebeu o exemplar de Varela Crujo com uma larga afarolada, depois por verónicas rematadas com uma meia verónica. No tércio de bandarilhas o destaque vai para a colocação do último par em sorte violino. Na muleta iniciou a faena de “rodillas” entusiasmando as bancadas. Terminou a faena com adornos e desplantes frente ao oponente que veio a menos. No final volta e volta. No sexto da ordem colocou três pares de bandarilhas que deixou o público em euforia. Um oponente de muita qualidade, pronto e a investir de largo. Iniciou a feana de “rodillas” nos médios, desenhou bons muletazos rematados com um passe de peito. Ao exemplar que investia por ambos os pitons, El Pirata Padilla, toureou a gosto. No final Volta, volta e volta abriu a porta grande da praça de toiros do Campo Pequeno.

Juan del Álamo, toureiro de fino recorte desenhou uma bonita faena frente a toiro nobre de varela Crujo, protagonizando uma faena que agradou ao público. No seu segundo a sair solto, Álamo andou com oficio e tirou tudo o que havia para sacar. Era impossível estar melhor frente a tão fraca matéria-prima.

A parte equestre iniciou com a lide a duo entre pai e filho Luís Rouxinol e Rouxinol Jr, resultando a atuação muito agradável. Na segunda parte do espetáculo, em virtude de uma lesão de Luís Rouxinol, Rouxinol Jr. Lidou os dois toiros. Momento de grande responsabilidade onde “Júnior” mostrou maturidade resultando ambas as lides muito agradáveis e com interesse.

As pegas a cargo dos forcados amadores do Aposento do Barrete Verde resultaram ao segundo intento por intermédio de Diogo Amaral, Marcelo Lóia à primeira a fechar-se à barbela e Rui Gomes à primeira tentativa.

 

Os exemplares da ganadaria de Varela Crujo, bem-apresentados, no geral deram bom jogo à exceção do sétimo da ordem.

Foi ainda guardado um minuto de silêncio em memória de Victor Barrio.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.