Quarta-feira, 29 de Março de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

E Salvaterra foi... Regular

3/4 de casa numa tarde que pedia que se fosse aos toiros. Quem lá foi com grandes expetativas saiu agradado e pouco mais.
06 de Junho de 2016 - 23:24h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 497
E Salvaterra foi... Regular

3/4 de casa numa tarde que pedia que se fosse aos toiros. Quem lá foi com grandes expetativas saiu agradado e pouco mais.

1º toiro da tarde, 610kg da ganaderia Veiga Teixeira

Toiro que de início ao fim da lide foi um toiro regular acabando por ter alguns sinais de excesso peso,  não tendo dado muitas condições de lide ao cavaleiro Luís Rouxinol que pouco pode fazer a um toiro que se reservava em tábuas.
Forcados de Lisboa- 5 tentativas não conseguidas de cernelha, pois o toiro não saia das tábuas e da crença, impossibilitando a pega de caras que se acabaria por concretizar à primeira, com a ida do toiro ao lado contrário da crença com a ajuda dos cabrestos. com tudo isto, o primeiro toiro recolheu aos currais após 42 minutos.

2º toiro da tarde também, muito igual ao primeiro, deu uma lide regular ao cavaleiro João Ribeiro Telles Jr tendo boa nota em 2 curtos.
Forcados Amadores de Beja- pega à primeira tentativa com uma boa prestação por parte do grupo Alentejano.

3º toiro e o mais leve com 550kg
Toiro bravo e com alguma gana, onde o peso já se refletiu mais, acabando por ter mais agilidade e alegria na lide, dando alguns bons momentos a Jacob Botero.
Pega à 2 tentativa por parte dos forcados Lisboetas.

4º toiro com trapío e peso dando mais uma lide complicada a Luís Rouxinol que não teve sorte nos toiros que lhe couberam em lote, refugiando-se em tábuas desde o primeiro ferro comprido.
Grande pega à primeira pelos forcados amadores de Beja a um toiro que não queria investir ao forcado.

5º toiro e o melhor da corrida que coube em sorte a João Ribeiro Telles Jr que acabaria por ter a melhor lide da corrida e com muito bons ferros, com especial nota para o último curto e o primeiro ferro de palmo.
Forcados amadores de lisboa ao 4º intento, onde na primeira tentativa o forcado foi mal ajudado, no que daria uma grande pega ao primeiro intento.

6º e último toiro da corrida, toiro com o número 504 com cara e que também acabou por ser bravo, dando a Jacob Botero uma boa lide com ferros de boa nota.
Forcados de Beja encerraram assim a sua noite com mais uma boa pega à primeira tentativa.

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.