Sábado, 23 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Triunfo de Luís Rouxinol, na corrida de Celebração dos seus 30 anos de Alternativa

Excelente corrida de Touros em Reguengos, para celebrar os 30 anos de alternativa de Luís Rouxinol
13 de Junho de 2017 - 22:02h Crónica por: - Fonte: Sónia Batista - Visto: 331
Triunfo de Luís Rouxinol, na corrida de Celebração dos seus 30 anos de Alternativa

Bonita tarde de toros em Reguengos de Monsaraz, para celebrar os 30 anos de alternativa de Luís Rouxinol.

Meia praça, em tarde de muito calor, mas também de "muito touro", com os Passanha e os Grave, a permitir bons momentos, tanto aos cavaleiros como aos forcados, principalmente o terceiro touro da tarde, que saiu a Luis Rouxinol.

 

João Moura, esteve melhor na segunda actuação.  Na primeira, cravou duas tiras ao Passanha de 560kg, com a ferragem comprida. Na ferragem curta, desenhou sortes de frente e seguidamente com batidas ao piton contrário.

Terminou com ferro de palmo em sorte frontal.

Com o Grave de 580kg, como já referi, esteve em melhor plano. Iniciou com duas tiras correctas. Nas bandarilhas optou por sortes com ligeiras marcações ao piton. Findou com ferro de palmo.

 

Rui Salvador, com o Grave esteve irregular no primeiro ferro comprido, e correcto com o segundo em tira.

Recebeu muito bem no estribo, na segunda bandarilha e esteve vistoso na quarta, com ligeira batida ao pitón.

Terminou optando por sortes frontais.

 

No exemplar da ganadaria Passanha, cravou três compridos, mas foi na ferragem curta que entusiasmou o publico, citando a curta distancia.

 

Luis Rouxinol, que celebrava os seus 30 anos de Alternativa, teve a sorte de receber de presente divino, o melhor touro da tarde. Um Grave para recordar.

Rouxinol é um toureiro que gosta de desafios e teve pela frente um bravo e com muita pata, Grave com 540kg

Esteve esplendoroso. Duas magnificas tiras; ladeios exuberantes com risco e emoção. 

Para a ferragem curta, cites a curta distancia e continuou a manter a emoção na lide.

Terminou esta faena com ferro de palmo e depois um par de bandarilhas.

O ganadeiro, foi chamado para dar volta com o cavaleiro e forcado.

 

No Passanha que fechou a tarde, esteve mais correcto na primeira tira, na ferragem comprida.

Na curta, batidas ao pitón contrario , seguindo-se um violino e ferro de palmo em sorte frontal.

 

As pegas, decorreram sem grandes complicações

No Grupo de Forcados de Montemor, todos consumaram a pega à primeira tentativa. Foram forcados de cara, Francisco Barreto, Francisco Borges e Manuel Dentinho.

Nas pegas executadas pelos forcados de Monsaraz, David Silva a consumar no 2º intento. Carlos Polme e Nelson Campaniço a consumar nol 1º intento.

 

Excelente tarde de Touros, com boas actuações e boas pegas, onde o calor apenas condicionou a bilheteira.

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.