Sábado, 18 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Crónica da abertura da temporada em Elvas

Realizou-se ontem à noite a primeira corrida da temporada no Coliseu de Elvas. Deixamos a crónica da corrida, vista pelos olhos do nosso colaborador João Carvão.
07 de Maio de 2017 - 21:12h Crónica por: - Fonte: João Carvão - Visto: 469
Crónica da abertura da temporada em Elvas

Realizou-se ontem à noite a primeira corrida da temporada no Coliseu de Elvas.
Para  lidar  um  composto  curro  da  prestigiada  ganadaria  Pinto  Barreiros,  que  no  geral  cumpriu,  com destaque para o bom jogo do quinto da ordem a justificar a chamada à arena do ganadeiro, estiveram João Moura Caetano, Marcos Bastinhas e Miguel Moura, estando as pegas a cargo dos grupos de forcados da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, Académicos de Elvas e Amadores de  Coimbra.
Com uma entrada de público a rondar meia casa assistimos a duas lides corretas e desembaraçadas de Moura Caetano. Bem montado,  lidou, cravou e  rematou as sortes de  forma correta  mostrando  grande maturidade.
Marcos Bastinhas andou em bom plano no seu primeiro mas foi no quinto da ordem, segundo do seu lote,  que  realizou  aquela  que  foi  a  melhor  lide  da  noite  muito  no  estilo,  alegre  e  vibrante,  que  o caracteriza.  Cites  vistosos,  cravagem  correcta  e  bem  rematada  e  os tradicionais  pares  de  bandarilhas  a duas mãos . O cavaleiro elvense soube tirar partido do excelente exemplar que lhe tocou em sorte.
  Miguel Moura andou regular no seu primeiro, que recebeu à porta gaiola com um ferro cheio de verdade e de emoção e encerrou praça com outra das boas prestações da noite. Uma lide mais à “Moura” com boa brega, cites frontais e batidas certeiras culminadas com ferragem em “sú sítio”.  
Quanto às pegas foram solistas, pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense Francisco Tomás e Luís Baldaia, ambos  à  primeira  tentativa;  pelos  Académicos  de  Elvas  Paulo  Maurício  à  segunda  (dobrando  João Bandeiras que saiu lesionado depois de duas tentativas) e António Machado à primeira tendo os Amadores de Coimbra realizado duas pegas ao primeiro intento através de Marcos Prata e José Freire.
O espectáculo foi dirigido por Marcos Gomes.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.