Sábado, 24 de Junho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Na Moita a noite foi como a temperatura, amena

Temperatura amena, ¾ de casa completos, um rejoneador e um matador de toiros, que provocou 25 minutos de atraso na corrida. Para além disto, ficam somente meros pormenores aqui e acolá para memória futura.
28 de Maio de 2017 - 18:24h Crónica por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 521
Na Moita a noite foi como a temperatura, amena

Temperatura amena, ¾ de casa completos e o relógio a chegar às 22 horas marcadas, para a Corrida de Toiros Mista VIP, integrada na Feira de Maio da Moita.

À hora marcada surge o anúncio em praça, que pedia a compreensão dos presentes, pois a corrida realizar-se-ia com atraso. Roca Rey vinha de helicoptero de Cáceres para a Moita, mas tinha sido impedido de aterrar para além de Évora.

No total foram 25 minutos de atraso e mais um pedido de compreensão para o início da corrida. Roca Rey fez de a viagem de táxi de Évora até à Moita e a Daniel do Nascimento lá esperou com paciência que bastasse.

E passavam 35 minutos das 22 horas quando era anunciado o primeiro toiro da corrida. Um negro da ganadaria Guiomar Cortes Moura e bonito nas formas. Foi recebido por Diego Ventura no centro do ruedo, sendo dobrado uma dúzia de vezes no mesmo até lhe torcer os rins. Depois tudo permitiu. Sem protidão vieram os ladeios, desplantes, passagens pelo corredor e uma série de 3 violinos consecutivos.

O terceiro da corrida era de pior apresentação, ainda menos prontidão e a lide correu de modo idêntico à primeira. Em ambas o centro da sorte foi uma miragem, com alguns toques e imprecisão na ferragem, que pouco incomodaram a Daniel do Nascimento. Esta retribuiu com aplausos cada manobra de Ventura.

Foi no quinto da corrida que as bancadas explodiram. O oponente tinha bravura, prontidão e empregava-se no momento do ferro, mesmo sendo dobrado à saída como os irmãos de camada. As manobras foram mais do mesmo, mas o toiro trazia mais fundo desde o pasto e quis pautar na Moita a sua presença de bravo. Pena que à garupa não fosse mais do que a chôto e outro galo cantaria. Ventura aproveitou a prontidão e deu finalmente as distâncias correctas. Cites de praça-a-praça, arranque do oponente e ferros a aguentarem a sorte. Ainda chamou Mara Pimenta para um ferro. A cavaleira colocou dois, aflitos e pescados ferros, sem chama. No final Ventura apeou-se. Tinha a Daniel do Nascimento de pé e que ruidosamente foi para o seu bolso, no regresso a Puebla del Rio.

Roca Rey teve uma noite discreta na Moita, onde enfrentava exemplares de Juan Pedro Domecq. O segundo da noite era negro, de péssima apresentação e tinha no piton esquerdo o único por onde se podia extrair qualquer coisa. Assim foi nos capotes. Voltou a assim ser na muleta. Alguns naturales, que aproveitaram a única réstea de profundidade do oponente, com o hastado a humilhar e que depressa perdeu a tolerância.

O quarto era castanho, nobre, respondia ao toque e toureava-se com a voz, sem nunca aprofundar o suficiente para que na muleta houvesse faena e nos capotes se ouvissem “Olés”. O público pouco ligou mas dei por bem empregues os 25 minutos de espera, ao ver a tão rápida ligação estabelecida entre os intervenientes, com Roca Rey a saber, desde cedo, tapar os defeitos do hastado e extrair alguns passes, a espaços.

O último nada tinha para oferecer. Tapou-se sempre pelo piton esquerdo, dando inicialmente a ideia que seria mal-visto, contudo protestava a investida, antes de a ser. Com Roca Rey a ficar exposto vezes de mais, simulou a morte e deu-se o fim de corrida na Daniel do Nascimento.

Nas pegas, os Amadores do Aposento da Moita pegavam em solitário os três exemplares da ganadaria de Maria Guiomar Cortes Moura.

Abriu a noite o cabo José Maria Bettencourt, que se fechou na córnea, numa viagem franca para o grupo, consumada ao primeiro intento.

Nuno Inácio seguiu o exemplo do cabo e de igual modo, à primeira tentativa, reuniu na córnea do hastado.

Fechou a noite de pegas Leonardo Mathias, que viu o oponente arrancar pronto, mal este se virou das tábuas. Mas foi ao segundo intento, numa reunião rija e numa viagem por alto que se desviou do grupo, que o grupo apareceu pronto, para consumar a pega e fechar a noite de pegas da Daniel do Nascimento.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.