Domingo, 21 de Outubro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Pinto Barreiros Triunfam no Campo Pequeno

Triunfo da ganadaria Pinto Barreiros, em noite com agradável lide de Filipe Gonçalves e prémio para Ventura Doroteia do GFA de Cascais
21 de Julho de 2018 - 16:49h Crónica por: - Fonte: Sónia Batista - Visto: 383
Pinto Barreiros Triunfam no Campo Pequeno

Noite com concurso de pegas, com 2/3 de casa, onde o TOURO, foi como merece, o protagonista da noite.

Os Pinto Barreiros saíram colaborantes, dando jogo e exalando bravura, especialmente o 2º e o 5º lidados por Filipe Gonçalves. O 5º touro foi, inclusive indultado.

Luís Rouxinol, exímio mestre na brega, ao touro mais leve da corrida (470 kg) obteve uma lide correcta mas não com o “sabor” que nos tem acostumados; ainda assim com pontos altos como o violino e a bandarilha cravada ao piton contrário, no final da lide.

Na segunda prestação, e com o touro mais pesado (594 kg), vimos o cavaleiro, nos moldes que nos tem habituados, em uma lide ligada, muito em curto e recheada de bons elementos na brega.

Finalizou com uma rosa e um par de bandarilhas, muito aplaudidos.

Filipe Gonçalves, em tom cresceste, na sua primeira actuação, perante um toro (584 kg) de inquestionável apresentação. Optou principalmente por sortes cambiadas, toreando sobretudo a curto.

Com o quinto e melhor touro (516kg) da noite, conseguiu uma lide com risco nas marcações ao pitón, par de bandarilhas e palmito que cravou com muita técnica. Passou emoção, para as bancadas, aproveitando a boa matéria do touro.

 Francisco Palha, numa noite que não foi a melhor das últimas semanas. Começou com muita raza torera, recebendo com uma porta gayola. Este foi um dos momentos altos, da noite, mas depois não conseguiu manter, o mesmo nível e incluso teve algumas passagens em falso. Terminou com bons modos, citando de largo e marcando ao pitón contrario.

Na sua seguinte lide, a prestação do cavaleiro melhorou. Vistoso cites e entradas de frente para depois optar por marcações ao piton ao Pinto Barreiros com 570 kg. Lastima, algumas passagens em falso, que quebraram o ritmo da lide.

Foi o unico cavaleiro da noite, a não dar volta, ainda que tenha sido autorizada.

Estava em disputa o prémio para a melhor pega e todos os grupos presentes, estiveram ao nível da responsabilidade desta noite.

Pedro Espinheiro, cabo dos forcados do Ribatejo consumou à primeira, assim como João Espinheira, estando o grupo do Ribatejo muito coeso.

Os Forcados da Chamusca, optaram por levar à cara Bernardo Borges e Francisco Borges, ambos também a consumar no primeiro intento, também em bom plano.

Os vencedores do prémio em disputa foram os Forcados de Cascais, com a valorosa pega de Ventura Doroteia ao último touro da noite. Carlos Dias consumou á segunda, também com bons modos.

Foram portanto os triunfadores desta noite, o ganadeiro Joaquim Alves, dando volta ao segundo e quinto touro e Ventura Doroteia que arrecadou o prémio, em disputa, para a melhor pega.

 

Foto de Sofia Almeida

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.