Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Regresso de Escribano aos ruedos, com triunfo de Casquinha

Crónica da primeira Corrida de Touros da Feira Taurina da Moita 2018
15 de Setembro de 2018 - 16:19h Crónica por: - Fonte: Sónia Batista - Visto: 578
Regresso de Escribano aos ruedos, com triunfo de Casquinha

Depois da cornada de Escribano em Belmonte, o matador espanhol,reapareceu na primeira corrida da Feira da Moita 2018, voltando a curiosidade dos aficionados para a sua reaparição, e até dias antes curiosidade, se iria haver alterações no cartel ou não.

Não houve mudanças no cartel, como o empresário Rafael Vilhais informou prontamente e Escribano veio à Moita para alternar com Nuno Casquinha, em tarde com início, de lides equestres, conduzidas pelas rédeas de Vitor Ribeiro.

Vitor Ribeiro, teve uma presença muito correcta nesta tarde, pautando a sua primeira lide com duas tiras nos compridos e nos curtos iniciar com marcações a curta distância do primeiro Falé Filipe.

No final desta lide entrou de frente no touro, de largo e atacando o oponente.

A segunda lide também pautou pela coerência em todos os momentos e pela extraordinária bandarilha, cravada na segunda sorte executada, aguentando-se até aos últimos segundos na cara do touro.

As pegas estiveram a cargo dos Forcados Amadores da Moita, com Filipe Correia a consumar à 4ª e Fábio Silva à 1ª.

Manuel Escribano, apresentou uma recuperação positiva, sem defraudar o publico, apesar da tarefa dificultada pelos touros que lhe saíram.

Na primeira lide teve um tercio de capote muito correcto com verónicas rematadas de meia. Na muleta, os primeiros derechazos tiveram temple, mas como touro se foi apagando a lide foi diminuindo de interesse.

O segundo touro não lhe permitiu uma visibilidade marcante, mas em ambos os tércios de bandarilhas, Escribano presumiu de todas as suas qualidades e principalmente da entrega na recuperação física, tão necessária nesta profissão.

Entrega, é também a palavra que define as duas actuações de Nuno Casquinha.

O jovem Casquinha, mais uma vez mostrou vontade de “ comer o mundo” e afirmar a sua posição no escalafón do seu país.

Quando saiu ao quite com Escibano, sofreu uma impressionante colhida, mas apesar de ter recolhido à enfermaria voltou com a mesma vontade de entrega.

Recebeu com verónicas o terceiro touro da tarde e conseguiu uma bonita serie de naturais rematada de peito.

Com o seu segundo, destacou-se nas tafalleras. O tercio de bandarilhas alternou com Pedro Gonçalves e na muleta, vimo-lo muito correcto por ambos os pitons.

Magnifica série de derechazos rematados de peito ao início da lide com a flanela rubra.

 

Foto- Sofia Almeida

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.