Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Juan D`Alva destacou-se dos restantes jovens, na Novilhada da Moita

Novilhada da Feira Taurina da Moita
15 de Setembro de 2018 - 16:30h Crónica por: - Fonte: Sónia Batista - Visto: 700
Juan D`Alva destacou-se dos restantes jovens, na Novilhada da Moita

A novilhada da Feira da Moita, contou com os cavaleiros praticantes Francisco Correia Lopes e Ricardo Cravidão, onde vimos Francisco Correia Lopes em melhor plano e com uma lide pautada pelas sortes frontais cravadas ao estribo.  

Ricardo Cravidão, sofreu colhida antes de começar a ferragem curta, numa lide oscilante de qualidade, ainda assim com uma sorte com ligeira marcação ao pitón que resultou agradável.

Ambos tourearam novilhos da ganadaria Fernandes de Castro.

As pegas tiveram como forcado da cara, João Gomes e Fábio Matos, do Aposento da Moita, ambos a consumar à segunda tentativa.

 

Nesta Novilhada, destacou-se o Toureio Apeado, mostrando um Juan D´ Alva de acordo com os triunfos que a imprensa espanhola, tem afirmado e sem dúvida, foi o jovem que mais se destacou na novilhada da Feira da Moita.

O aluno da Escola de Toureio José Falcão mostrou-se mais desenvolto que os restantes e soube aproveitar as qualidades que o novilho tinha. Com verónicas e gaoneras de capote ao Falé Filipe, passou para um tercio de bandarilhas tecnicamente forte.

De muleta soube absorver cada detalhe positivo do oponente. Toureou por ambos os pitóns e soube entender o novilho tanto nos naturais rematados de peito como nos derechazos com o mesmo remate.

O segundo novilheiro a destacar-se, foi Rui Jardim, aluno da Escola de Toureio do Campo Pequeno, perante um complicado novilho de João Ramalho.

Iniciou com uma larga cambiada. No tercio de bandarilhas vimo-lo mais cómodo e na muleta mostrou qualidade na performance motora, com uma postura toureira elegantíssima, mas com dificuldades a dar a volta ao novilho, pelas dificuldades que este impunha. Optou essencialmente por tourear com naturais.

Filipe Martins da Escola de Toureio da Moita, toureou o manso de Fernandes de Castro e foi o jovem no qual se denotava estar no inicio da sua actividade como novilheiro. Vimo-lo em melhor plano no tercio de bandarilhas.

Miguel Muñoz, aluno da Escola Taurina “La Algaba” de Sevilha, recebeu com perigo com uma larga afarolada o exemplar de Rio Frio.

Foi o único jovem que entregou o tercio de bandarilhas á quadrilha.

Com a muleta mostrou inicialmente bons modos mas sofreu uma considerável voltareta o qual fê-lo ingressar na enfermaria e Juan D´Alva completou a lide de forma muito correcta e sem deixar de dar o seu melhor, mesmo sendo apenas para finalizar a lide do colega espanhol.

 

Foto de Sofia Almeida

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.