Domingo, 28 de Maio de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Ana Rita tira a Alternativa no dia 22 de Julho na Póvoa de Varzim

Ana Rita recebe a Alternativa das mãos de Manuel Jorge de Oliveira no dia 22 de Julho na corrida TV Norte na Póvoa de Varzim.
05 de Abril de 2011 - 23:36h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 3509
Ana Rita tira a Alternativa no dia 22 de Julho na Póvoa de Varzim

Ana Rita será a próxima mulher portuguesa a tornar-se Cavaleira Profissional no dia 22 de Julho na Corrida TV Norte na Póvoa de Varzim.Terá como padrinho de alternativa Manuel Jorge de Oliveira, não sendo ainda conhecido o restante cartel. Com o sonho de vir a ser figura do toureio, Ana Rita sublinhou ao Taurodromo.com a sua paixão pela festa brava e como tem ultrapassado as dificuldades que vão surgindo na sua carreira. Raça e ambição não lhe faltam.

Taurodromo.com: Como nasceu a paixão pelos toiros e cavalos?

Ana Rita: Desde criança que acompanhava os meus pais nas corridas. Sentia um "bichinho " estranho e dizia aos meus pais que queria ser toureira.

Taurodromo.com: O que é ser toureira? E como te defines?

Ana Rita: As minhas grandes paixões são os toiros e os cavalos. Muito trabalho e sacrifício na vida para conseguir atingir as minhas metas. Gosto de tourear o mais de frente possível, sempre a dar emoção ao público. Julgo que as pessoas vão às praças para verem emoção e alegria no toureio. Se um toureiro não conseguir transmitir essas emoções é muito difícil ser alguém na festa.

Taurodromo.com: Como vês a entrada das mulheres no mundo dos toiros? Ainda existe muito machismo?

Ana Rita: Julgo que toda a gente vê a entrada das mulheres no toureio como algo natural. Já há muitas mulheres toureiras. Embora algumas ainda não conseguiram singrar bem neste mundo. Tem que se lutar muito e não é fácil para uma mulher andar na festa. Penso que o machismo já não existe. Eu ainda sou muito nova, pelo menos da minha parte nunca senti.

Taurodromo.com: Quais são as tuas referências no mundo do toureio?

Ana Rita: Olho para o Diego Ventura e Pablo Hermoso de Mendoza que neste momento são grandes figuras, mas também olho para o maestro João Moura que em 30 anos de carreira ainda é figura do toureio e um exemplo a seguir. Depois logicamente o Mestre Manuel Jorge de Oliveira que também é uma grande figura do nosso toureio. Sem dúvida tem sido um mestre e um amigo para mim.

Taurodromo.com: A tua alternativa é dia 22 de Julho na Póvoa de Varzim na Corrida TV Norte. O que significa este dia para ti?

Ana Rita: Vai ser um sonho realizado. Para mim sempre foi difícil de entrar no mundo do toureio nunca tive muitos apoios. Tenho subido a pulso para chegar até aqui. Esse dia vai ser sem dúvida o melhor dia da minha vida.

Taurodromo.com: Sentes-te bem preparada para tomares a alternativa, para assumires a responsabilidade de ser cavaleira profissional?

Ana Rita: Sim. Já toureio há alguns anos. Tenho toureado muito por Espanha, já conheço bem a minha quadra de cavalos e sinto-me preparada para dar este passo sonhado.

Taurodromo.com: Quais as diferenças entre o Rejoneio e o Toureio em Portugal?

Ana Rita: Em Portugal quem ser figura do toureio tem de mostrar a nossa arte de montar e de bem tourear. Em Espanha o que eu sinto é que podemos tourear muito bem mas se não se matar o toiro vai tudo por água abaixo, perdemos o corte de orelhas.

Taurodromo.com: Para além da alternativa quais as perspectivas para esta temporada?

Ana Rita: Vai ser o salto que me faltava dar na minha carreira. Com a corrida de Atarfe arranjei um apoderado em Espanha onde já tenho 20 corridas agendadas. Para Portugal vamos ver que portas se vão abrir depois da alternativa.

Taurodromo.com: É fundamental apoiar os mais jovens?

Ana Rita: Sim. Infelizmente os jovens que querem ser toureiros não são como os futebolistas que por darem um chuto numa bola são grandes "heróis". Os jovens toureiros que passam o dia-a-dia a montar para enfrentar um toiro não têm tanto apoio. Os aficionados que possam ter dúvidas em relação às minhas capacidades, que acreditem em mim. Tenho raça para conseguir ultrapassar todas as dificuldades que surgirem neste meu percurso. Espero que me apoiem e que estejam comigo. Não os irei desiludir.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.