Quinta-feira, 20 de Julho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Especial Dia da Mãe - Entrevista a Glória Casquinha

Entrevista a Glória Casquinha que dá a conhecer os sentimentos de ser mãe do futuro matador de toiros português, Nuno Casquinha.
01 de Maio de 2011 - 23:03h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 1458
Especial Dia da Mãe - Entrevista a Glória Casquinha

Taurodromo.com – Como é ser mãe de toureio?

Glória Casquinha – ser mãe de toureiro é difícil, é uma pressão e uma ansiedade constante e nos dias da corrida pior ainda. Desde que me levanto estou desejosa que acabe a corrida e que corra tudo bem. Prefiro estar na arena do que em casa, porque quando a corrida acaba nem sempre consigo falar de seguida com ele, por causa das conferencias de impressa e entretanto também se vão vestir, se estou muito tempo sem conseguir falar com ele começo logo com pensamentos que deixam de ser positivos e passam a ser negativos, pensando sempre o pior, por isso prefiro acompanha-lo sempre na arena e ajudá-lo no dia a dia sempre naquilo que posso.

Taurodromo.com – Mãe de toureiro sofre?

Glória Casquinha – Muito, muito, muito… costuma-se dizer “onde está o homem está o perigo”, mas ali o perigo é constante. Desde que ele entra na arena até que saia a ansiedade é constante… não queiras ser mãe de toureiro porque é muito complicado.

 

 

A equipa do Taurodromo.com deseja a todas as Mães um Dia Feliz

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.