Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Ganadeiro Pedro Canas Vigouroux à conversa com o Taurodromo.com

A ganadaria Canas Vigouroux pasta na herdade do Emaús, na Castanheira do Ribatejo. Para o ganadeiro Pedro Canas Vigouroux existem duas caracteristicas fundamentais que preserva na criação do toiro de lide, a bravura e o trapio.
03 de Novembro de 2011 - 18:58h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 3042
Ganadeiro Pedro Canas Vigouroux à conversa com o Taurodromo.com

Iniciada no ano de 1992 com vacas e sementais de Cabral Ascensão, aumentada com um lote de vacas de Simão Malta, o Taurodromo.com, foi conhecer o toiro de Canas Vigouroux, que pasta na Herdade de Emaús, nos campos da Castanheira do Ribatejo. Por breves instantes embarque nesta visita ao campo bravo  e conheça as exigências de Pedro Canas Vigouroux como criador de toiros de lide.

Taurodromo.com: Como se define como ganadeiro?

Pedro Vigouroux: Sou criador de toiros de lide por paixão ao toiro. Sou muito exigente nas provas de bravura (tentas) e na apresentação, toiros com peso, tamanho e trapio.

Taurodromo.com: No dia 27 de Maio inserido no 52º concurso de ganadarias em Évora o toiro Canas Vigouroux foi o vencedor do troféu bravura, o que sentiu naquele momento?

Pedro Vigouroux: Uma grande alegria pelo toiro ter estado à altura, tanto em bravura como apresentação no mais importante concurso de ganadarias do país. É fruto do bom trabalho de selecção que eu e a minha equipa (maiorais, campinos, veterinários e amigos) temos feito ao longo destes anos.     

Taurodromo.com: Quais as características do toiro Canas Vigouroux?

Pedro Vigouroux: Tento criar toiros bravos que transmitam emoção e espectáculo. Que repitam que vão a mais no decorrer da lide, não descurando a apresentação e trapio.

Taurodromo.com: Qual o critério de selecção das reses?

Pedro Vigouroux: Sou muito exigente na sorte de varas. Nenhuma novilha ou toiro passa na prova de tenta sem levar 5 ou 6 varas e que demonstre capacidade de ir a mais, que humilhe e repita na muleta.

Taurodromo.com: Onde gosta ou gostaria de ver  lidar os seus toiros?

Pedro Vigouroux: Não faço qualquer tipo de exigência de praças, embora não esconda que seria Las Ventas, em Madrid o meu sonho onde estou mais empenhado em tentar lidar uma corrida ou novilhada.

Taurodromo.com: Prefere criar um toiro para o toureio a pé ou a cavalo?

Pedro Vigouroux: Crio toiros para os dois tipos de lide, embora me agrade mais o toureio apeado.

Taurodromo.com: Quanto à camada de 2012, quais são as perspectivas?

Pedro Vigouroux: A camada de 2012 é composta de 7 toiros de 4 anos e de 42 reses de 3 anos, de diferentes sementais todos da mesma linha que pertence a minha ganadaria. Todos os sementais têm provas dadas. Por isso as perspectivas são dar continuidade de bravura, emoção e apresentação.

Taurodromo.com: O efectivo é composto por quantas vacas de ventre?

Pedro Vigouroux: O efectivo é composto de 110 vacas de linha Cabral de Ascensão (Pinto Barreiros) e 20 de jaboneras de linha Duque de Veragua (estas num lote de vacas e sementais totalmente à parte) os sementais são 4.

Taurodromo.com: Como vê o futuro do toiro de lide em Portugal?

Pedro Vigouroux: Vejo bastante complicado por várias razões: A primeira pela entrada indiscriminada de toiros espanhóis em Portugal sem qualquer tipo de exigências tanto sanitárias como de controlo de apresentação e idade. A segunda pela exigência e respeito pelo público na apresentação dos curros que são lidados em algumas praças. A terceira razão pela grande ausência de emoção de toiros e toureiros na lide de algumas corridas. De qualquer forma vamos com certeza ultrapassar esta crise e ficar na festa todos aqueles que honestamente e com respeito ao público e ao espectáculo irão dignificar as feiras taurinas e corridas que ao longo de séculos fazem parte da cultura e das tradições de Portugal.

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.