Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Pedro Coelho dos Reis - "o forcado deve ser aficionado ao touro bravo, deve tentar compreender os seus terrenos..."

Pedro Coelho dos Reis, cabo dos Amadores do Aposento da Chamusca, fez um balanço de temporada ao Taurodromo.com.
04 de Dezembro de 2012 - 23:23h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 2161
Pedro Coelho dos Reis -

Pedro Salgueiro Coelho dos Reis, médico veterinário de profissão e cabo do Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Chamusca desde o dia 4 de Julho de 2011, recebendo o testemunho do anterior cabo, Tiago Prestes.


Taurodromo.com (T) - Como considera que correu a temporada 2012 para o grupo?
Pedro Coelho dos Reis - Foi uma época muito importante para a afirmação no seio do grupo de todos os forcados mais novos que sonham em conquistar um lugar no grupo. Tivemos oportunidade de pegar em França e Espanha, digressões estas muito importantes para o espírito de amizade entre todos os forcados do grupo.

T - Pegaram um total de 8 corridas, certo? Quais os melhores e piores momentos do grupo na temporada 2012 que gostaria de destacar?
Pedro Coelho dos Reis - O grupo teve 14 actuações nesta temporada de 2012. Pegámos 8 corridas em Portugal, 4 em Espanha e 2 em França. As melhores actuações do grupo foram no Campo Pequeno, Teruel e Saint Marie de la Mer. A pior actuação foi a corrida de Nave de Haver. Por vezes sentimos que não conseguimos tirar o maior proveito dos touros e a pega não resulta como nós gostaríamos ou por não termos escolhido bem o forcado da cara, ou porque o forcado não entendeu bem o touro. Cada vez mais o forcado deve ser aficionado ao touro bravo, deve tentar compreender os seus terrenos, a velocidade da sua investida e a sua nobreza. Só assim se pode retirar de cada touro o máximo de arte e toureio possível.

T - Qual ou quais a(s) ganadaria(s) que o grupo mais gostou de pegar na temporada 2012?
Pedro Coelho dos Reis - A Ganadaria de Pinto Barreiros.

T - Neste defeso, há possibilidade de rumarem ao estrangeiro para pegar?
Pedro Coelho dos Reis - Infelizmente não tivemos nenhum convite para pegar no defeso no estrangeiro.

T - 2012 foi mais uma temporada sem bandarilhas de segurança. Como vê o permanente adiar da entrada em vigor do novo regulamento taurino?
Pedro Coelho dos Reis - O regulamento deverá ser actualizado rapidamente, cumprido na íntegra com bom senso e de uma forma racional. Gostava que a próxima temporada fosse, finalmente, com bandarilhas de segurança, pois entendo que o risco da pega deverá estar sempre no touro e não nas bandarilhas ou em outro qualquer factor externo à pega.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.