Terça-feira, 22 de Agosto de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Maurício do Vale em grande entrevista ao Taurodromo.com

Maurício do Vale em entrevista ao Taurodromo.com fala do seu regresso à televisão e do programa "Vamos aos Touros" transmitido todas as quartas-feiras na RTP Memória.
13 de Julho de 2012 - 11:26h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 1654
Maurício do Vale em grande entrevista ao Taurodromo.com

Se isto fosse um programa de televisão  seria assim:

Boa noite,

Sejam bem-vindos a mais um espaço de entrevistas no site "Taurodromo.com".

O meu convidado desta noite está ligado ao futebol, à Tauromaquia e é um comunicador por excelência.

Regressou recentemente ao pequeno ecrã, com o programa "Vamos aos Touros” transmitido todas as quartas-feiras às 22 horas na RTP Memória.

Senhores telespectadores, ou, melhor caros aficionados, o meu convidado de hoje dispensa apresentações.

Boa noite, Maurício do Vale

 

 

T:Depois de alguns anos afastado do pequeno ecrã como surgiu  a ideia de regressar à televisão?

M.V:Senti que estava no momento certo e também senti que as muitas pessoas que me incentivavam a um regresso à TV em Tauromaquia talvez tivessem o seu quê de razão. Por isso, propus um programa na RTP-Memória, com entrevistas várias, evocando o passado e apontando exemplos para o futuro, assim como também um certo despertar consciências adormecidas…

Os responsáveis, entretanto, propuseram-me mais: que preenchesse serões taurinos, juntando programas antigos e também retransmissões de tempos idos. Assim, nasceu o “Vamos aos Touros!”, nome que me foi sugerido e aceitei.

 

T:Em que consiste o programa "Vamos aos Touros" transmitido todas as quartas- feiras na RTP Memória? A festa brava estava a precisar de um programa diferente que divulgasse os toiros?

M.V:Impunha-se recorrer ao acervo da RTP, que vem dos tempos em não havia canais concorrentes. A RTP foi pioneira, também em matéria televisiva tauromáquica. Recordar coisas muito bonitas e de grande significado. Mas sempre com o pensamento positivo no futuro. Deixando mensagens no ar, como a tradição taurina de Guimarães e de Viana do Castelo, para que conste… Romance e realidade podem e devem andar de mãos dadas, com as alianças da verdade!

T:Quem é o Maurício do Vale?  Como consegue conciliar os toiros, futebol, com a família?

M.V:O Maurício Vale pouco importa para o caso. O importante é a Tauromaquia e os seus fantásticos e históricos valores! E o papel que a RTP tem desempenhado ao longo das décadas, no domínio taurino, dentro do serviço público perante culturas e tradições, agora através da RTP-Memória. Concilio as minhas actividades, dormindo menos e pensando mais!... Muitas horas nocturnas a pesquisar e a visionar, com fantástico apoio dos profissionais da RTP, desde a Produção aos Serviços de Arquivos, que tudo fazem para que eu tenha as melhores condições.

T:Actualmente como vê o estado da nossa festa? 

M.V:Estado actual da Festa? Crises internas e externas, que existem há muitos anos. A Festa é um palco apetecido e de fácil acesso, fora das arenas (e para alguns até isso é negativamente menos difícil do que deveria ser…). Falta disciplina e planeamento. Falta rigor e mais  profissionalismo, o qual, hoje em dia, é fundamental para que não se cometam disparates.

Mas há imensas virtudes e muitos valores e coisas boas que importam salvaguardar! Há mais praças e há mais público e cada vez mais jovens dentro e fora das praças. Vencida a crise geral do País, a Tauromaquia é uma risonha realidade, sempre em crescendo, podem crer! E digo mais: Portugal precisa da Tauromaquia, para recuperar valores e ser ainda mais português!

 

T:Na sua opinião o que deveria ser feito em prol da festa de toiros? O que mudaria?     

M.V:A resposta não cabe aqui, tanto haveria para dizer. Talvez num livro… Mas também sei que não sou dono da verdade. Por isso, não será demais que todos pensemos e tentemos colaborar, em plena consciência! Talvez, a tal Secção de Tauromaquia (do Conselho Nacional de Cultura) deva ter uma palavra a dizer e trabalho a fazer.  Começando por dizer quem são os seus elementos e actividade.  É preciso saber comunicar para ajudar a Festa!

T:Uma mensagem para os aficionados...

M.V:Sejam aficionados! Coerentes e apaixonados! Dedicados e leais! Entusiastas! Saibam agradecer à Tauromaquia a graça que ela lhes deu ao criar neles essa afición!  Sintam e divulguem a Festa de Touros!

 

Muito obrigada!

Caro aficionado, desejo-lhe a continuação de uma boa noite.

Até à próxima se Deus quiser!

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.