Sábado, 22 de Julho de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Nuno Vinhais - "...destaco a ganadaria Vinhas, onde pegámos 6 toiros numa corrida TV."

Nuno Miguel Vinhais, cabo dos Amadores das Caldas da Rainha, fez um balanço de temporada ao Taurodromo.com.
08 de Novembro de 2012 - 10:36h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 1508
Nuno Vinhais -

Nuno Miguel de Sousa Vinhais tem 31 anos, fardou-se pela primeira vez a 27 de Julho de 1999 no Bombarral e é o cabo do Grupo de Forcados Amadores das Caldas da Rainha desde 2006, após receber o testemunho do anterior cabo, Francisco Calado.

Na temporada de 2013 o grupo cumprirá 20 anos de fundação.


Taurodromo (T) - Como considera que correu a temporada 2012 para o grupo?
Nuno Vinhais (NV) - Tendo em conta que não tivemos nenhuma lesão grave e que o nível em que conseguimos efetuar grande parte das nossas pegas foi bom, penso que a temporada 2012 foi boa.
Contudo, o número de corridas realizada ficou muito aquém das nossas expectativas e daquilo a que o GFACR ambiciona e está preparado.

T - Pegaram um total de 9 corridas, certo? Quais os melhores e piores momentos do grupo na temporada 2012 que gostaria de destacar?
Nuno Vinhais - Pegámos em 8 corridas e uma novilhada, o que é muito pouco como referi anteriormente.
Não houve piores momentos visto que não tivemos nenhuma lesão grave. Também não houve nenhum aspecto demasiadamente positivo que se sobrepusesse a todos os momentos em que nos reunimos e estamos juntos como uma grande família que somos.

T - Qual ou quais a(s) ganadaria(s) que o grupo mais gostou de pegar na temporada 2012?
NV - Este ano destaco a ganadaria Vinhas (que não é muito habito pegarmos), onde pegámos 6 toiros Vinhas numa corrida televisionada pela RTP.
Não são toiros muito brutos, e à partida parecem fáceis de pegar, mas são muito exigentes em termos técnicos e não perdoam nenhum erro por parte dos forcados.

T - Neste defeso, há possibilidade de rumarem ao estrangeiro para pegar?
NV - Não temos por hábito ir, pelo que este ano também não deveremos fazer.

T - 2012 foi mais uma temporada sem bandarilhas de segurança. Como vê o permanente adiar da entrada em vigor do novo regulamento taurino?
NV - Penso que é apenas uma questão politica, não existiu até ao momento tempo e vontade politica de estar a levar o novo regulamento a votação no parlamento.
Dá menos trabalho estar fechado numa gaveta e esperar que o “próximo” faça alguma coisa.

T - Em 2013 cumprem 20 anos desde a fundação do grupo. Estão a preparar algo de especial para a comemoração?
NV - No contexto do país e da tauromaquia em concreto, penso que vai ser um ano muito difícil e à semelhança deste ano vai ser complicado arranjar o número de corridas que queríamos.
Apelamos aos empresários para estarem atentos ao GFACR e vamos preparar o 15 de Agosto que é a data comemorativa do nosso aniversário.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.