Domingo, 23 de Abril de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Entrevista com a Ganadeira D. Rita Vaz Cabreira

Representante da Ganadaria Vaz Monteiro a mais antiga em Portugal
24 de Janeiro de 2013 - 09:38h Entrevista por: - Fonte: - Visto: 2931
Entrevista com a Ganadeira D. Rita Vaz Cabreira

 A Ganadaria Vaz Monteiro, é considerada a ganadaria mais antiga de Portugal, pois a mesma foi fundada em 1840 pelo Senhor José Vaz Monteiro, com a aquisição de vacas e sementais de casta portuguesa, com procedência do Marquês de Vagos.

 Tem Antiguidade de 24 de Junho de 1843, adquirida na antiga Praça de Toiros de Almada, onde fez a sua estreia, a Divisa é Amarela e sem Sinal de Orelhas em ambas.

 Há mais de um Século esta ganadaria tem sido mantida pela Família, sem introdução de qualquer outro sangue, constituído assim um Encaste único que deve ser preservado.

 O efetivo pasta na Herdade de São Martinho, freguesia do Maranhão, concelho de Avis.

 É seu representante a Ganadeira D. Rita Vaz Cabreira.

Depois deste pequeno resumo sobre o Historial desta Ganadaria, deixamos aqui uma Entrevista que nos foi amavelmente concedida pela Ganadeira. D. Rita Vaz Cabreira.

 

Taurodromo Sei que a Senhora é presentemente a representante da Ganadaria mais antiga de Portugal. Como se sente ao ter esta responsabilidade?

Rita Vaz Cabreira - Relativamente ao facto da Ganadaria Vaz  Monteiro ser a mais antiga do país não atribuo especial importância, não considero que seja um fator de relevância; o facto de constituir um património genético ímpar já considero ser um fator de diferenciação e de responsabilidade; é uma preocupação saber que tenho em mãos uma raça que não apresenta genéticamente variabilidade alguma, mas tenho a sorte da Ganadaria por si só, apesar de se ter mantido ao longo dos anos em equilíbrio e as frequências gênicas e genótípicas permanecerem constantes ao longo das gerações, o factor consanguineo poder trazer consequências drásticas num curto espaço de tempo e simplesmente se perder esta raça e toda a herança genética que representa.

Considero a herança genética desta ganadaria uma riqueza e que me desperta bastante interesse, pois persiste em desafiar as leis da ciência e algures  encontrar forma de resistir aos genes recessivos indesejáveis á boa continuação desta espécie, mas estou tranquila e confiante que se depois de mais de  um século e meio de existência conseguiu sobreviver, acredito que continuará a sua proeza.


Taurodromo – Por quantas reses é composto o efetivo da ganadaria?

Rita Vaz Cabreira - O efetivo da Ganadaria é composto por 157 cabeças.

 

Taurodromo- Quantos curros tira por ano?

 Rita Vaz Cabreira -  Normalmente entre 2 a 3 curros por ano.

 

Taurodromo- Como vê o momento da ganadaria presentemente?

Rita Vaz Cabreira - A ganadaria foi objeto de recuperação ao longo de mais de 20 anos e neste momento encontra-se bem preservada, sem indícios de problemas de ordem genética e penso que com melhores aptidões para os toiros se lidarem em praças.

 

Taurodromo - Onde gosta ou gostaria de ver lidar os seus toiros?

Rita Vaz Cabreira - Não tenho preferências, atribuo maior importância a quem os toureia e ao comportamento dos toiros.

 

Taurodromo - Prefere que os seus toiros sejam lidados a cavalo ou a pé?

Rita Vaz Cabreira - Sou mais aficionada ao toureio a pé do que ao toureio a cavalo, sempre ouvi dizer que os Vaz não serviam para a lide apeada entre outras coisas e não concordo de todo com essa opinião, gostaria de lidar mais vezes a pé, estão rotulados com a lide apeada interdita e eu acho um despropósito; já lidei a pé na Praça de Toiros de Céret e não foram ilidáveis.

 

Taurodromo - O que pensa da falta de bravura atualmente em muitos toiros?

Rita Vaz Cabreira - Penso que há dois tipos de Ganaderos, o que cria toiros de lide que vai atrás do toiro pastueño e cómodo na lide e que não transmite e o Ganadero aficionado ao Toiro que saia com raça, alegria e tente impor a sua vontade com os critérios de bravura que cada Ganadero aprecia.

 

Taurodromo - Que critérios adota a Senhora como ganadeira na seleção das suas reses - das futuras mães. Que características de bravura?

Rita Vaz Cabreira - O motor, a forma e prontidão como se arrancam no cavalo, se saem soltas ou não nas varas, quantas varas levam, a forma e alegria de investida, a altura a que colocam a cabeça na investida de muleta, a duração da mesma, o recorrido... As fêmeas reprovadas em tentas não são eliminadas do efetivo por questões de ordem genética e as classificações que atribuo são: Muito Bravo, Bravo, Regular, Regular menos e Mansa.

 

Foto: Tirada pelo Senhor Francisco Romeiras, fotógrafo taurino de prestígio.

A foto foi nos cedida gentilmente pela Ganadeira D. Rita Vaz Cabreira

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.