Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Rui Salvador "Sou um toureiro de paixão, de espontaneidade, não levo nunca a lide estudada de casa"

Rui Salvador comemora esta temporada 30 anos de alternativa. Leia a interessante entrevista que preparámos para si.
07 de Agosto de 2014 - 18:55h Entrevista por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 2119
Rui Salvador

É Arquitecto, cavaleiro tauromáquico e agricultor, adora a família e os seus amigos. Gosta de viver a vida intensamente " assim como o toureio deverá ser vivido."

Rui Salvador comemora esta temporada 30 anos de alternativa, uma vida inteira dedicada ao toureio.

 

T:O que espera desta corrida?

 
R.S:Muito sinceramente espero que esta corrida seja realmente o culminar de uma vida inteira dedicada ao toureio a cavalo com uma paixão imensa e a felicidade de a saborear…
È a terceira vez que o faço, posso não ter o fulgor e o juventude das outras vezes, mas a irreverência, a vontade de triunfar, continua por cá e de mão dada com a maturidade alcançada, vai com certeza dar os seus frutos!
Essa a minha garantia! Dedicação, alma e coração!
 
T:Esta temporada comemora 30 anos de alternativa que balanço faz da sua carreira ao longo destes anos?
 
R.S:São 30 Anos de Alternativa, mais 8 de toureio e na verdade, voltava a começar tudo de novo, estou reconhecido a todos os que me apoiaram, aos Meus Pais, aos meus amigos, aos meus colaboradores que tornaram um sonho de menino, numa realidade extraordinária, tenho a sorte de ter lidado de perto profissionalmente com Amigos e pessoas de bem! Tenho a carreira que idealizei, com a honestidade que lhe dediquei e com a franqueza do que sinto pelo toureio a Cavalo!
 
T:Como define o seu estilo de toureio, sendo o Rui Salvador o cavaleiro dos ferros impossíveis...
 
R.S:Sou um toureiro de paixão, de espontaneidade, não levo nunca a lide estudada de casa, raramente toureio nos mesmos cavalos, pela mesma ordem ou por corrida, tento identificar rapidamente as características de cada toiro que me calha em sorte para ir buscar o cavalo que melhor se poderá adaptar a essas características, mas uma coisa tem que estar sempre presente, a emoção durante a lide do toiro! E o culminar de toda a lide é sempre o momento de cravar o ferro e ai temos de dar tudo… É assim que sinto o toureio, com emoção, com verdade e sentimento!
 
T:O que sente antes e quando está na arena?
 
R.S:Nervosismo, ansiedade, medo, prazer, emoção, é uma panóplia de sensações praticamente indiscritíveis, exactamente por isso, é que nos apaixonamos pela festa brava…
 
T:Quem é o Rui Salvador?
 
R.S:Sou um cidadão comum, que tem a felicidade de ter uma Família maravilhosa com que sempre sonhou, uma mulher que ama e dois filhos extraordinários que me apoiam em tudo na vida, gosto de fazer sempre algo, de construir, ajudar, apoiar e incentivar tudo e todos em novos projectos… Tenho a sorte de fazer aquilo que gosto e que idealizei um dia fazer, sou Arquitecto, cavaleiro tauromáquico, agricultor, realizo eventos na Quinta do Falcão e adoro estar com os meus Amigos!
Pode até parecer muita coisa, mas gosto de viver a vida intensamente, assim como o toureio deverá ser vivido…
 
T:Lidar 6 Graves vai ser um grande desafio! O que pensa da ganadaria Grave?
 
R.S:Na realidade é! Só o vou fazer porque neste momento reúno as capacidades necessárias para esse desafio, estão reunidas as condições para que possa ser um êxito…
A ganadaria Murteira Grave tem um enorme prestigio, por isso a escolhemos, sou dos toureiros que mais toiros toureie desta ganadaria, até hoje 100 toiros, um número de que me orgulho e ainda ai vêm mais 6…
Geralmente são toiros sérios e duros, neste momento tenho um grupo de cavalos que em conjunto com a minha “Toureria” e maturidade Taurina, estão em condições de aceitar este desafio e ultrapassa-lo com êxito!
Esse é o nosso objectivo…
Que Deus nos ajude!

 

 Sorte!

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.