Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Luis Rouxinol em mais uma noite triunfal em Setúbal

Estreia agradável da Ganadaria alentejana de Falé Filipe
07 de Agosto de 2016 - 17:39h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 822
Luis Rouxinol em mais uma noite triunfal em Setúbal

Sábado, 06 de agosto de 2016, Monumental Praça de Toiros "Carlos Relvas" praça centenária em Setúbal, corrida de toiros inserida na Feira de Santiago, e segunda  corrida da temporada.

Noite quente com temperatura fóra do normal depois de ter estado um dia de calor abrasador, sendo esta cidade uma das mais quentes ontem. A lotação registou cerca de três quartos, muito aquém das espectativas em redor do cartel que a Empresa Aplaudir montou, e com bastante antecedência divulgou junto dos aficionados.

O cartel anunciado sofreu alteração, pois a Empresa teve que substituir a cavaleira Sónia Matias, e em seu lugar atuou o cavaleiro de Atalaia Gilberto Filipe, e o cavaleiro Filipe Gonçalves atuou aquém das suas reais capacidades, pois na noite de sexta feira quando atou em Beja, sofreu uma queda, e desejando honrar o seu compromiso com a Empresa e com o público de Setúbal, atuou com o braço direito engessado, e com menores condiçoes fisicas.

Quem se deslocou ontem à referida praça de toiros, pôde presenciar uma agradável noite de toiros, com momentos muito bons de toureio, boas pegas e boas recolhas de toiros por uma dupla de campinos maravilhosa, a dupla que faz a recolha dos toiros nas corridas que se realizam em Lisboa.

Com pontualidade o Delegado do IGAC, Senhor Lourenço Luzio, deu início à corrida tendo lugar as Cortesias

Assistimos a duas partes bem distintas, sendo a primeira de melhor nível e de qualidade artistica que a segunda parte.

Luis Rouxinol, abriu praça lidando o primeiro toiro da noite, um exemplar de boa apresentação, de pelagem preta, cravou três ferros compridos, de boa colocação e execução. Nos curtos cravou quatro ferros igualmente de boa execução e colocação, a pedido do público cravou mais um ferro neste caso uma de palmo ou palmito, igualmente muito bom e ainda para finalizar a sua atuação cravou um par de bandarilhas em sorte muito bem excutada. Esteve bem a lidar e a bregar cuidando bem das sortes antes  depois de cravar os ferros. Atuação de muito bom nível.

Gilberto Filipe, lidou o segundo toiro da noite, de pelagem preta. Cravou três ferros compridos, de boa nota e colocação. Passou para a série dos curtos e cravou cinco ferros ou bandarilhas, de boa colocação e execução. Esteve em bom nível e teve uma  atuaçao que muito agradou ao público presente.

Filipe Gonçalves, lidou o terceiro toiro da noite de pelagem preta, cravou dois bons ferros compridos. Nos curtos cravou uma série de quatro ferros de boa colocação e execução, sendo o último em sorte de violino. Atuação muito agradável apesar de estar diminuido fisicamente.

Luis Rouxinol, lidou o quarto toiro da noite, de pelagem preta, listão e meano bragado corrido. Cravou uma série de três bons ferros compridos. Na série dos curtos cravou quatro ferros de boa colocação. Atuação muito agradável.

Gilberto Filipe, lidou o quinto toiro da noite de pelagem preto. Nos compridos esteve aquém da sua atuação da primeira parte, deixando dois ferros compridos descaidos e de diferente colocação, passou para os curtos e cravou uma série de quatro ferros com realce maior para os terceiro e quarto ferros. 

Filipe Gonçalves, lidou o sexto e último toiro da noite de pelagem preta, listão e meado. Cravou uma série de dois ferros compridos. Nos curtos cravou quatro ferros curtos, com destaque para o quarto. A pedido do público cravou um quinto ferro de muito boa nota. Atuação agradável, embora esta sua atuação não tenha tido o nível da primeira.

No plano da atuação dos dois Grupos de Forcados os Amadores do Montigo pegaram o primeiro, terceiro e quinto toiros, foram caras os seguintes forcados:

Rubem Prates, executou uma boa pega à primeira tentativa;

Isidoro Cirne, não esteve em noite feliz, pois só consumou a pega à terceira tentativa;

Hélio Lopes, pegou à primeira tentativa, estando bem a recuar e a tourear o seu oponente, e teno sido bem ajudado junto às tábuas pelos seus colegas.

Os Amadores do Aposento da Moita, pegaram o segundo, quarto e sexto toiro da moite, e foram caras os forcados:

Leonardo Matias, executou uma rija pega ao primeiro intento, sendo muito bem ajudado pelos outros sete elementos em praça;

Ruben Saraiva, pega ao primeiro intento com uma boa ajuda por parte dos restantes elementos;

Salvador Pinto Coelho, executou e consumou a pega mais rija, dura da noite, foi mesmo a melhor pega da noite, que levou ao rubro os espetadores nas bancadas, com uma pega fóra do vulgar.

Ao meu amigo e Senhor Carlos Falé Filipe, endereço os meus parabéns pelo curro de toiros que escolheu e trouxe até à cidade de Setúbal, onde fez a sua estreia como ganadeiro, foi um curro muito bem apresentado com os pesos ideais para uma corrida de toiros, posso dizer que cumpriram na generalidade. Houve toiros com nobreza, e outros qua acusaram alguma mansidão. Não foram todos fáceis de lidar e  pegar, mas os Artistas que diante destes estiveram, procuraram dar o seu melhor de forma a que o seu empenho, e labor fosse do agrado geral dos espectadores o que assim veio a acontecer.

A Corrida foi abrilhantada pela Banda da Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete, que interpretou vários Pasodobles como Amparito Roca, El Barbanha, Joselito Bienvenida, Manolete, Paquito Chocolatero, Real Maestranza de Caballeria de Sevilha entre outros.

A equipa do Taurodromo.com quer aqui deixar expresso o agradecimento pela forma cordial como é recebida em todas as praças da Empresa do Senhor João Pedro Bolota, bem como pelo Senhor Luis Carlos, responsável pela reserva de bilhetes.

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.