Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Tarde nublada na Segunda Feira de Páscoa em Sousel

O cartel da já tradicional corrida de Segunda-feira de Páscoa da Vila de Sousel teve com protagonistas Francisco Cortes, Marcelo Mendes e a Cavaleira Praticante Cláudia Almeida. Para as pegas estiveram os Amadores de Coruche e da Amareleja.
29 de Março de 2016 - 23:54h Notícia por: - Fonte: Sonia Garcia Cruz - Visto: 1098
Tarde nublada na Segunda Feira de Páscoa em Sousel


O cartel da já tradicional corrida de Segunda-feira de Páscoa da Vila de Sousel teve com protagonistas Francisco Cortes, Marcelo Mendes e a Cavaleira Praticante Cláudia Almeida. Para as pegas estiveram os Amadores de Coruche e da Amareleja.

A abrir Praça esteve o Cavaleiro de Estremoz, Francisco Cortes, Bem nos compridos, entra convicto nos curtos, deixando ferros de boa nota e rematando as sortes.
Para a pega estiveram os amadores de Coruche, que concretizaram a pega ao terceiro intento por João Prates, com as ajudas carregadas.

Em segundo lugar Toureou Marcelo Mendes, também este com uns ferros compridos de boa nota, a pisar terrenos do Toiro. Nos curtos Marcelo também não se ficou atrás, a citar de praça a praça, cravando a gosto e rematando as sortes.
Saltaram a praça, os Amadores da Amareleja, também eles a concretizar somente ao 3º intento por Ismael Luís, com ajudas carregadas, ainda que o toiro não tivesse complicado.

Cláudia Almeida veio a praça em terceiro lugar. Sem sorte nos ferros compridos, a cavaleira, sempre com muita vontade e garra, conseguiu ganhar o carinho do público nos ferros curtos, terminando com um último ferro de boa nota! Os Amadores de Coruche vieram novamente a arena e concretizaram desta vez à segunda tentativa por Vitor Cadete, sem complicações da parte do toiro.

Francisco Cortes voltou à arena para tourear o seu segundo toiro. Entrou nos compridos com “ganas” cravando ferros de muito boa nota. Passou aos curtos ainda com mais garra, cravando a gosto e a entrar em terrenos bastante apertados, terminando a sua lide, com um palmito em sítio. Para a pega, saltou à praça o cabo do Grupo da Amareleja, que depois de ter de desfazer da primeira vez, consumou ao primeiro intento numa pega rija em que o toiro empurrou até a parede.

A Marcelo Mendes tocou-lhe um segundo toiro complicado, reservado e bastante fechado em “tábuas”. Marcelo fez o que podia, conseguindo cravar uns ferros de boa nota, dentro do que o toiro permitiu. Na pega, o Grupo de Coruche que concretizou à segunda tentativa por Diogo Boeiro.

A encerrar a tarde, esteve a Cavaleira Praticante Cláudia Almeida, que depois de uma primeira lide não tão boa, veio a vingar nesta sua segunda. Cláudia cravou compridos de largo, entre a “espada e a parede”, pondo o público em pé. Trocou de montada e foi nos curtos que se destacou. Ferros de boa nota, citando o touro de largo “arrodilhando” o cavalo e cravando a gosto. Terminou a lide com um par de bandarilhas de muito boa nota, fazendo com que o público deseja-se um segundo par. A fechar praça pela forcadagem, esteve o Grupo da Amareleja que concretizou ao segundo intento por Marco Valverde.

O curro da ganadaria de Silva Herculano esteve bem apresentado, deu jogo regular, embora parcos de forças.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.