Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Luis Rouxinol agraciado com a Medalha de Ouro pela Câmara

II Grande Corrida das Tertúlias Montijenses
04 de Setembro de 2016 - 13:50h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 465
Luis Rouxinol agraciado com a Medalha de Ouro pela Câmara

Como aficionado desloquei-me ontem à cidade do Montijo, a fim de poder presenciar a II Grande Corrida de Toiros das Tertulias Montijenses, a qual se realizou na Monumental Praça de Toiros Amadeu Augusto dos Santos, e foi organizada pela Empresa AC Eventos do Senhor Abel Correia.

Esteve uma noite com uma temperatura muito agradavel e convidativa para sair de casa e ir assistir a esta corrida, que tinha como cartel a participação dos cavaleiros profissionais Luis Rouxinol, Filipe Gonçalves e João Telles Jr, os Grupos de Forcados Amadores do Ribatejo comandados por Pedro Eepinheira, Tertúlia Tauromáquica do Montiijo por Márcio Chapa e do Montijo por Ricardo Figueiredo, toiros das Ganadarias Herdeiros de Paulino da Cunha e Silva e Jorge Mendes. 

Seis toiros com pesos entre os 440 e os 470 quilos, saíram à arena da Monumental montijense, toiros de escassa apresentação para uma Praça de primeira categoria. Além da escassa apresentação pouco colaboradores em algumas lides e na hora da execução das pegas.

 

Notas de destaque e que devo aqui mencionar:

O Cavaleiro Luis Rouxinol foi agraciado pela Câmara Municipal do Montijo, com a Medalha de Ouro, a mais alta condecoração concedida pelo Municipio do Montijo, cerimónia que teve lugar antes da realização das cortesias, tendo sido chamado à arena o cavaleiro, que depois foi muito aplaudido peloi público presente.

No final das cortesias foi feito um minuto de silêncio em memória do forcado António Gouveia, que ontem fez vinte e cinco anos, que foi colhido mortalmente na Praça de Toiros de Angra do Heroismo, pelo que no intervalo da corrida e na entrada principal da praça, foi descerrada uma placa, a assinalar este triste acontecimento. Recordamos que o malogrado forcado era do Grupo de Forcados Amadores do Montijo.

 

E o resultado artístico dos cavaleiros e forcados foram da seguinte forma:

 

Luis Rouxinol, teve duas grandes atuações que muito agradaram ao público presente com a cravagem de ferros à tira, ao estribo, ferros de palmo eo tradicional par de bandarilhas no seu primeiro toiro;

Filipe Gonçalves teve uma atuação discreta no primeiro devido à escassa colaboração do seu oponente, e uma atuação de muito bom nível no segundo toiro de melhor qualidade de lide, estando muito nem a cravar os ferros de sortes diferentes como ferros à tira, ao estribo, de palmo e como não podia deixar de ser à violino, pelo que muito agradou aos aficionados;

João Telles Jr, pôde brilhar e agradar ao público nas duas atuações perante dois toiros de carateristicas diferentes, o primeiro manso perdido e que muito cedo se enquerençou junto da trincheira, e um segundo toiro mais colaborador, cravou vários ferros em sortes à tira, ao estribo, à violino marca da casa há muitos anos, pois seu pai muitras vezes finalizava as suas atuações com um ferro em sorte de vilolino e depois um palmito à meia volta, sorte agor recrerado pelo seu filho, e qu muitas vezes executa nas suasatuações, duas atuações agradáveis com destaque para a segunda que muito agradou ao público, é bem verdade que este seu seundo oponente tinha melhores condições e lide.

Nas pegas os Grupos sentiram algumas dificuldades na hora de excutarem as pegas, assim o resultado foi o seguinte:

Os Amadores do Ribatejo pegaram o primeiro à terceira tentativa e o quarto à segunda tentativa;

A Tertúlia Tauromáquica do Montijo, pegaram o segundo e quinto toiros à segunda tentativa;

Amadores do Montijo, estiveram melhor e pegaram o terceiro e sexto toiros à primeuira tentativa.

 

A corrida foi dirigida pelo Delegado do IGAC, Senhor Pedro Reinhardt, que nao concedeu música ao cavaleiro João Telles Jr, na lide do seu primeiro toiro, uma lide agradavel e com muito mérito, visto que foi o pior toiro da corrida. Foi assessorado pelo Dr. Carlos SAntos Médico Veterinário e uma Senhora como cornetim.

A corrida foi abrilhantada pela Banda da Sociedade Filarmónica 1º. de Dezembro de 1854 do Montijo, com um agradável reportório de Pasodobles como Torero Cale, Amparito Roca, Nerva, El Barbanha, Malaguena, e outros mais de agradavel audição

 

 

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.