Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Nuno Santana aposta na versatilidade dos forcados de Alcochete para o Campo Pequeno

Há pouco menos de um ano que desempenha funções de Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Alcochete, Nuno Santana afirma que "a variedade das características individuais de cada forcado é que têm sustentado o nosso crescimento colectivo."
02 de Junho de 2017 - 23:47h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 296
Nuno Santana aposta na versatilidade dos forcados de Alcochete para o Campo Pequeno

Há pouco menos de um ano que desempenha funções de Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Alcochete, cargo no qual sucedeu ao prestigiado Vasco Pinto, Nuno Santana afirma que "a variedade das características individuais de cada forcado é que têm sustentado o nosso crescimento colectivo."

"Para o Grupo de Forcados Amadores de Alcochete, que pega a corrida da próxima quinta-feira, no Campo Pequeno, não existe um tipo de toiro ideal, pois temos experiência para pegar qualquer tipo de toiro e adaptamo-nos às suas características com igual compromisso. Queremos é pegar toiros", reforça Nuno Santana.

Na opinião do Cabo do Grupo, "os toiros desta linhagem e encaste (Murube-Urquijo) têm características muito próprias, dado o andamento que empregam no momento da investida, não permitindo erros ou precipitações. O forcado tem de perceber melhor o andamento do toiro e o momento certo para reunir. São toiros com trapío e que vão, certamente, apresentar dificuldades aos forcados".

Nuno Santana considera uma honra para o Grupo de Forcados Amadores e Alcochete pisar a arena do Campo Pequeno integrando os cartéis da temporada de comemoração dos 125 anos da praça, facto que coloca esta actuação "num nível de importância ainda maior e numa responsabilidade acrescida".

Sobre o actual momento do grupo, o cabo classifica-o como "de estabilidade e, ao mesmo tempo de renovação, com a inclusão de novos valores prontos a despontar". E sublinha o facto de no espaço de um ano "não ter saído praticamente nenhum dos elementos do grupo, apesar da mudança de cabo, pelo que se conseguiu uma relação 'experiência - juventude' que permite dar continuidade ao historial e ao trajecto do grupo, dos quais aliás, muito nos orgulhamos".

O cartel da corrida é formado pelos cavaleiros Rui Fernandes, Leonardo Hernández (rejoneador espanhol) e João Moura Caetano, os forcados amadores de Alcochete e de Turlock. Estreia-se no Campo Pequeno a ganadaria dos Irmãos Moura Caetano, ainda com o ferro e divisa de Maria Guiomar Cortes Moura.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.