Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Ricardo Castelo: "participar na corrida de gala é o reconhecimento do bom momento do Grupo de Vila Franca"

O Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca entende a participação do seu grupo na Corrida de Gala à Antiga Portuguesa, que se realiza na próxima quinta-feira, como ?o reconhecimento do bom momento pelo qual atravessamos?.
07 de Outubro de 2017 - 12:31h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 82
Ricardo Castelo:

O Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca entende a participação do seu grupo na Corrida de Gala à Antiga Portuguesa, que se realiza na próxima quinta-feira, como “o reconhecimento do bom momento pelo qual atravessamos”.

A corrida de encerramento o Abono do Campo Pequeno é sempre um ponto alto da festa de toiros em Portugal. Este ano ainda é mais por a praça ter comemorado 125 anos sobre a data da sua inauguração, temporada em que figurámos, também, no cartel de abertura”, afirma Ricardo Castelo.

O cabo faz uma apreciação global muito positiva ao desempenho do grupo na temporada que está pestes a terminar. “Não pegámos muitas corridas, talvez 17 ou 18, mas são das corridas mais importantes do calendário taurino nacional e, apesar de ser um número claramente inferior ao da nossa categoria, demonstrámos cabalmente a nossa solidez, com bons forcados de cara e bons ajudas, num misto de veterania e juventude, estando os mais novos já perfeitamente integrados”. E acrescenta: “Vamos ao Campo Pequeno de uma forma digna e confiante”, acrescentou.

Sobre o actual momento dos forcados, entende haver “grupos a mais” e defende mais rigor e atitude dentro da praça, “desde a forma como se fardam, a pormenores técnicos da pega e de conhecimento do toiro. E isso ganha-se com o tempo, com o convívio com os forcados mais experientes. É um trabalho de todos, com a actual geração a saber assumir o legado cultural e a filosofia daqueles que os antecederam”.

Na próxima quinta-feira, o Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca irá actuar ao lado do grupo de Évora, pegando toiros da ganadaria assanha. Para Ricardo castelo, “trata-se de uma das principais ganadarias portuguesas, uma ganadaria de grande respeito, que valorizam a actuação do forcado, mas que, por essa mesma razão, nos redobra a responsabilidade, em nome da nossa credibilidade”.

A corrida abrirá com o cortejo evocativo das touradas reais do século XVIII e terá no seu cartel os cavaleiros Rui Salvador, Rui Fernandes, João Moura Caetano, Manuel Ribeiro Telles Bastos, João Moura Júnior e Luís Rouxinol.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.