Domingo, 21 de Outubro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

António João Ferreira, uma década de Alternativa

Análise do 36º matador de touros português
22 de Julho de 2018 - 12:32h Notícia por: - Fonte: Sónia Batista - Visto: 682
António João Ferreira, uma década de Alternativa

António João Ferreira, cumpre hoje, dez anos de Alternativa…dez anos como profissional…tendo doutorado-se na praça francesa de Mont-de-Marsan, durante a” Fete de La Madeleine”, numa corrida onde, foram lidados seis bravos touros de La Quinta e no qual cortou uma orelha, ao touro de alternativa.

Tójo, como carinhosamente é apelidado pelos amigos, tornou-se, nesse dia, o 36º matador de touros, mais propriamente a 22 de Julho de 2008, tendo como padrinho José Pedro Prados “ El Fundi” e testemunha Julian Lescarret.

Aluno da Escola de Toureio José Falcão, foi pelas mãos do maestro José Júlio, que aprendeu os primeiros ensinamentos, mas a vontade de ser toureiro, levou-o a radicar-se em Espanha e em França, onde toureou várias corridas e sempre foi descrito pelos colegas desses países, como um toureiro com “ganas de triunfo” e que “conseguia estar bien, hasta con los toros más duros”.

Debutou com picadores a 14 de Setembro de 2003, na Praça de Touros de Olivenza, onde lidou um novilho de Fuente Ymbro, cortando uma orelha.

Apresentou-se em Las Ventas a 9 de Julho de 2006, lidando a ganadaria Corbacho Grande e foi presença assídua nesta praça, no importante certame “Ocho Naciones”.

Matador Clássico, numa Era Moderna, fiel ao seu conceito purista de Toureio e de Toureiro…recorda-nos os toureiros clássicos, dos anos sessenta, que encontramos nos livros.

Personalidade forte, necessidade de viver para o touro e desprendimento quase total de tudo o que o afaste da essência do Toureio, faz para que os seus modos de tourear e de estar na Tauromaquia, falem por si, sem sentir necessidade de expor-se na imprensa.

É actualmente um toureiro maduro, que conhece bem a Tauromaquia Portuguesa, Espanhola, Francesa e sobretudo conhece muito bem o campo bravo.

Tem dedicado, os últimos anos ao ensino dos jovens, que sonham ser toureiros, na Academia de Toureio do Campo Pequeno, compaginando assim a sua profissão com o ensino de como “ ser e estar” em toureiro.

Portugal tem um toureiro purista e vai voltar a vê-lo este 2 de Agosto na arena do Campo Pequeno, lidando touros São Torcato.

Bem-haja, António João Ferreira, por estes 10 anos, de um matador que nos faz acreditar que a essência do Toureio, continua a ser a Arte.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.