Terça-feira, 23 de Maio de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Pensamentos da Semana

Retrospectiva da semana taurina.
04 de Junho de 2012 - 18:04h Pensamento por: - Fonte: - Visto: 929
Pensamentos da Semana

Na semana que passou, tocaram os sinos a rebate por todo o universo tauromáquico nacional. Apesar do notório esforço empresarial para construir cartéis atractivos, principalmente nos principais tauródromos do país, não há público nas praças! Casas a 1/4, 1/3 da lotação, metade já é muito bom e três quartos são uma vitória organizacional alcançada por poucos.

Não tenho dúvidas que ausência de competição em praça durante anos a fio é a maior responsável. Até se podem repetir cartéis que distem metros e horas entre si mas se não houver competição, nem vontade de impor emoção nas lides para construir afición, quem arrastará o público consigo?

Luís Rouxinol está a desafiar todos os acomodados, arriscando e repetindo sérios triunfos. António Ribeiro Telles nunca faz duas lides iguais e responde às características do que tem pela frente.

Há porém dois triunfos este fim-de-semana que podem quiçá ajudar a remar contra a escassez de público.

João Moura Jr saiu em ombros em Madrid. O primogénito do clã Moura, resume praticamente as suas actuações além-fronteiras mas os últimos anos têm mostrado que ser triunfador em Espanha, não está a ter necessariamente o condão de catapultar seguidores internos. Porém, uma porta grande em Las Ventas, é algo que qualquer toureiro deseja ter no curriculum e pode de facto alterar tudo.

Duarte Pinto acabou a temporada de 2011 em grande e começa a querer romper, desenhando uma lide histórica e inesquecível na Monumental Celestino Graça. Numa lide que apenas posso desconfiar, ser a que todos aqueles que vestem casaca Luís XV têm no subconsciente dos sonhos. Pode ser a pedra de toque para uma temporada de afirmação definitiva e o primeiro jovem cavaleiro de alternativa a agregar mais do que um punhado de público que o queira seguir.

Parabéns ao David Oliveira que regressou, após lesão, aos treinos na passada semana e Domingo foi aprovado em Bencatel na prova de praticante com verdade e humildade. Duas importantes características que o definem tão bem.

Mas nem tudo foram boas notícias, no Domingo dia 27 de Maio, Ana Batista sofreu uma impressionante colhida na praça da Azambuja, com a consequência de uma fissura numa costela. Que recupere rápido, pois arrisco-me à ousadia de que será a única cavaleira de alternativa que detém alguma fatia de público que a segue.

Até para a semana!

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.