Terça-feira, 25 de Abril de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Pois Sim!

Li há dias no jornal "O Mirante" uma interessante consideração sobre o resultado do colóquio do passado dia 28 de fevereiro na "Associação de Solidariedade Cultura e Recreio Gentes do Cartaxo"...
30 de Março de 2014 - 19:04h Pensamento por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1569
Pois Sim!

Li há dias no jornal “O Mirante” uma interessante consideração sobre o resultado do colóquio do passado dia 28 de fevereiro na “Associação de Solidariedade Cultura e Recreio Gentes do Cartaxo”, evento que o www.taurodromo.com bem publicitou ao qual, lhe terá sido atribuído o sugestivo título: “Toiro de Lide e o Espetáculo – Os mistérios da bravura.”

Antes dos meus argumentos, se é que isso interessa a alguém, devo manifestar extremo regozijo pelo sucesso do mesmo e, por de um certo modo vir ao encontro no que diz respeito ao parecer dissertado primeiro, num artigo que lhe atribuí o nome de “Touros de Plasticina” editado aqui neste mesmo taurodromo.com e, igualmente enviado ainda antes do referido colóquio, mais propriamente no dia 26 de fevereiro, o qual rotulei com o nome: “Caganças e Merdanças” mas, que só será editado quiçá, num destes próximos dias - pois estou a escrever este artigo na manhã, do dia 14 de março.

Todavia, os queridos leitores e leitoras que me seguem já leram muitos outros artigos em que sempre luto em defesa do meu cavalo de batalha, o que resumo à minha incontestável preferência pelo touro bravo, não chegando de modo algum o facto de parecerem bravos! Têm de ser e, pronto… Quer-me cá parecer que antigamente a bravura era mais natural e mais própria, os touros sempre eram mais fieros!

No primeiro artigo, como tenho feito há muitos anos até esta parte entro mais na defesa do touro bravo e em tudo o que lhe é consequente. Por tudo isto, como poderia eu ficar inativo ao saber a realização de um evento com tão reconhecido propósito, como aquele no Cartaxo!

Em bicos dos pés, só toureiros no real desempenho de bandarilheiros ou de bailarinas de Ballet! O que não terá acontecido neste particular.

Em ambos os artigos, adianto quão úteis são essas reuniões com critérios de reconhecida sapiência tauromáquica e, nada que tenha a ver com caganças e merdanças!

Sentados à mesa estiveram os ganadeiros João Folque, Jorge de Carvalho, João Telles, João Andrade, o veterinário, Vasco Brito País, sendo a conferência moderada pelo reconhecido critico televiso, José Cáceres.

Ora aí está uma coisa fina, assim está bem! Deste modo terão sempre o meu aval. Deverão recordar-se os meus queridíssimos Amigos e Amigas quanto desvalorizo tudo o que tem a ver com intuitos de meras caganifâncias!

Segundo a notícia no referido jornal, todos os intervenientes desenvolveram temas relativos à influente genética, à bravura e à falta de condições nas praças de touros relativo aos tratamentos prestados aos nobres animais!

Pois sim, então, não é que abordei esses mesmos assuntos ainda antes do referido colóquio ter lugar: de um modo mais superficial mas em jeito bem concertado passei pela genética e aferrado ao meu modo de ver, atirei-me ao que diz respeito ao trato dos animais quer em transportes, quer ainda nas próprias praças até à entrada dos mesmos nas arenas!

Claro que não pretendo, de modo algum, sobrelevar-me e deixar a ideia de que eu ensinei alguns dos meus respeitáveis e Amigos oradores, nada disso, fi-lo sim, bem ciente dos meus conhecimentos e, coincidentemente lá terá havido lugar para o evento em causa. Certo é que já há longos anos venho defendo essas causas…

Mas não ficarei por aqui, na oportunidade abordarei o mesmo assunto porém, de um jeito intrínseco e até, com alguma carga científica. Há que aguardar…

Por tudo isto, fiquei muito bem com a minha consciência e, tenho absoluta certeza que todas as personalidades intervenientes naquela demorada, oportuna, assertiva, consubstancial e cientificada reunião ficaram igualmente como eu, encantados.

 

Saudações taurinas.

 

(Este artigo terá sido escrito em rigorosa consentaneidade com o novo A.O.)

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.