Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

António Ordoñez, el matador de Ronda.

Artigo lembrando o grande matador que foi António Ordoñez
22 de Fevereiro de 2011 - 22:19h Pedaços de história por: - Fonte: - Visto: 1745
António Ordoñez, el matador de Ronda.
António Ordoñez, nasceu em El Plantío, Majadahonda em Madrid no ano de 1932, embora existam algumas dúvidas se teria nascido em Ronda, província de Málaga na Andaluzía.
Filho de Cayetano Ordoñez " El Niño de Palma ", toureiro e matador de toiros, teria este " apodo " devido ao nome da sapataria de seus pais chamada " La Palma ". António foi o terceiro de cinco flhos de Cayetano Ordoñez.
Foi casado com Carmen González Lucas irmã do célebre e grande matador de toiros Luis Miguel González Lucas " Dominguín " e filha de outro grande toureiro Domingo Dominguín.
Deste primeiro matrimonio nasceriam Carmen Cayetana e Ana Belén, sendo a primeira, esposa de Francisco Rivera " Paquirri " com quem se casou " con tan solo 17 años " e mãe dos actuais Francisco e Cayetano Rivera Ordoñez.
 
Conviveu com grandes vultos da tauromaquia e da sociedade em geral, sendo o duelo com seu cunhado, " Dominguín ", um dos temas mais falados e comentados de toda a tauromaquia do século XX:
Chegado a Hemingway e Orson Wells, foi retratado como um toureiro cheio de classissísmo, arte, ortodoxo e de uma elegância extrema.
Foi capa da revista Life en español e apelidado da principal figura de sempre das arenas de todo o Mundo.
 
Tirou a alternativa em 1951 en " Las Ventas " das mãos de outro grande matador, Júlio Aparício.
Foi organizador e mentor dos festejos e corridas " Goyescas " da cidade de Ronda, corridas estas onde se homenageiam os primeiros e mais antigos toureiros da história, como Pedro Romero ( 1754-1839 ), Joaquim Rodríguez " Custillares "  ( 1743-1800 ) ou ainda José Delgado Guerra " Pepe-Hillo" (1754-1801 ).
 
Tornou-se ganadero dedicado de alma e coração, tendo debutando a sua ganadaria em " Los San Firmines " de Pamplona em 1962. Abandonou as arenas em 1968.
Recebeu do governo francês a " Legion de Honeur " em 1995 e alguns anos mais tarde, a Medalha de Belas Artes e também a de " Mérito do Trabalho" concedidas pelo estado español.
Faleceu de doença oncológica em 19 de Dezembro de 1998.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2017 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.