Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Arte e Beleza do Toureio a pe com o capote

Verónica
13 de Janeiro de 2018 - 16:16h Pedaços de história por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 473
Arte e Beleza do Toureio a pe com o capote

Lance de capa pelo lado esquerdo - Verónica – Chama-se lance de capa, no tecnicismo tauromáquico, ao facto de o toureiro quando munido da capa fazer passar o touro pela sua frente e de um lado para outro artisticamente.

Em tempos recuados os "diestros" se colocavam em frente da rês, com as pontas das sapatilhas na direção do focinho do animal, o lance de capa chamava-se "verónica". Depois o artista punha-se de meio perfil e, desde 1940, o modo de executar o lance é de perfil completo, processo menos artistico que não é afinal verónica, pois o gesto biblico de que tirou o nome fazia-se de frente.

É uma sorte de capa por excelência a mais clássica e quase de obrigação executar a mesma nos lances de início do toureio de capote. Foi inventor deste passe Joaquim Rodríguez "Costillares" nos finais do Século XVIII, sendo então batizado por Verónica.

Foram magnificos interprétes ou executantes do toureio à verónica no Século passado os diestros Juan Belmonte, Curro Puya "Gitanillo de Triana", Cagancho, Victoriano de la Serna, Fernando Domínguez, Manuel Rodríguez Sánchez "Manolete", Manolo Escudero, António Ordoñez, Curro Romero, Santiago Martin "El Viti" e Paco Camino entre outros que manejaram o capote com singular beleza.

Também se pode executar a verónica com um ou os dois joelhos em terra. O  efeito deste lanche depende muito da qualidade do artista.

 

Foto: Verónica pelo lado Esquerdo

 

Arquivos de José Vogado

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2018 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.