Domingo, 20 de Janeiro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Homenagem a Joaquim Bastinhas em Salvaterra

"A empresa Toiros " Tauromaquia, Lda. juntamente com a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos prestará uma digna homenagem na noite do dia 26 de Julho de 2008 a este consagrado Cavaleiro Tauromáquico...
24 de Julho de 2008 - 00:00h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1498
Homenagem a Joaquim Bastinhas em Salvaterra A empresa Toiros e Tauromaquia emitiu uma nota de imprensa que o Taurodromo.com transcreve se seguida.

Nota de Imprensa

"A empresa Toiros " Tauromaquia, Lda. juntamente com a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos prestará uma digna homenagem na noite do dia 26 de Julho de 2008 a este consagrado Cavaleiro Tauromáquico.

Joaquim Manuel Carvalho Tenório, nasceu em Elvas a 8 de Março 1956, ali, fez a sua meninice, estudou e colaborou com seu pai, Sebastião Tenório, patriarca da família "Bastinhas", ápodo que então era conhecido e que, entretanto resvalou para a sua prole, o que resultou em Joaquim Bastinhas, a figura que prendemos exaltar e apoiar na homenagem que terá lugar na Praça de Touros de Salvaterra de Magos, já no próximo dia 26, pelas 22.30 horas.

Ainda sobre o procedente de Joaquim Manuel, há que referir a sua dedicação ao comércio e ensino de cavalos, e até, ao toureio a cavalo, porém, com uma notada passagem como toureiro amador. Esta, terá sido de facto, a fonte onde o infante terá bebido, e naturalmente, se apaixonado por estas duas tão nobres modalidades.

Joaquim Bastinhas é uma personalidade tão fortemente acentuada, que constitui um padrão do tipo que se movimenta sempre dentro das condições normais, da impecabilidade e do dever.

É de uma distinta dinastia de toureiros que nos estamos a referir, muito popular, e conceituada no meio taurino.

- Ainda menino, o homenageado, estreou-se na monumental do Campo Pequeno, terá sido repetido pouco tempo depois.
- Já, com diversas actuações em garraiadas nas praças portuguesas, preferiu experimentar a dureza dos "pueblos" espanhóis, onde adquiriu a necessária escola, que afinal, o marcou por todo o sempre, quer no estilo, quer na graça toureira que o caracteriza.

- Chegou à prova de praticante na velhinha Praça de Touros de Vila Viçosa em 9 de Setembro de 1979, já aqui, mostrando um toureio frontal e repleto de óptimos momentos artísticos.
- Na mesma época, entra para o quadro das certezas do toureio equestre, afirmando-se como a revelação da temporada.
- A apresentação na monumental de "Las Ventas" veio a ter lugar a 13 de Julho de 1980. Mais um sonho cumprido.
A ansiada alternativa, teve lugar a 15 de Maio de 1983 na praça de touros de Évora, teve como padrinho José Mestre Batista, e o testemunho de João Moura, o touro tinha o nome de «Magala», tinha sangue de "Urquijo" e tinha vindo das pastagens de João Branco Núncio.

- A confirmação foi conseguida no dia 14 de Março do ano seguinte (1984), no Campo Pequeno.
- No ano de 1984, encerrou-se na Praça de Touros "Carlos Relvas" em Setúbal com seis touros de ferro Murteira Grave. Com os êxitos somados foi tomando a dianteira no "escalafón" nacional.
- No ano de 1992, na bonita e aficionada Praça da Póvoa do Varzim, foi colhido e fracturou a tíbia e o perónio.
- No ano seguinte retomou o lugar cimeiro no "escalafón".

Em 1994, deslocou-se ao México com estrondoso êxito.
- Entretanto, tem vindo sempre a administrar com génio, a coudelaria da família.

Claro que não parávamos tão depressa, muito mais havia que destacar, como por exemplo: os nomes e referências de todos os extraordinários cavalos com que lidou no passar dos anos, como também, os inúmeros e impressionantes troféus conquistados.
Joaquim Bastinhas, desde novo sempre se pautou com um toureiro alegre e popular, criou um estilo próprio, menos convencional, é certo, todavia, sempre respeitou o público, havendo mesmo uma parte deste que lhe é absolutamente fiel. "Bastinhas" é um nome de direito próprio, é exigido pelo seu público e pelas empresas, o que lhe dá permissão para se afirmar como o cavaleiro mais "tequillero" no circuito nacional. Os ferros que mais o caracteriza, é sem dúvida, a colocação dos pares de bandarilhas, sorte em que é exímio.

Joaquim Manuel é um homem de bem, é um cavaleiro com princípios definidos, é digno, não há ninguém mais generoso para com os seus competidores, mais agradecido ao seu público e subalternos, quanto ele.

Uma das maiores alegrias foi a recente alternativa do seu filho Marcos Tenório na Praça de Touros do Campo Pequeno. Este "Bastinhas Júnior", afirmou-se na primeira praça do país, deixou marca, aliás, como comprovaram o seu Pai que o apadrinhou e os cavaleiros Paulo Caetano e João Moura Caetano que testemunharam o acto.

Que mais pode desejar, um cavaleiro a festejar 25 anos de alternativa."


A equipa do Taurodromo.com aproveita esta oportunidade para dar os parabéns ao cavaleiro e para o felicitar pelos seus 25 anos de carreira!
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a devida autorização.