Segunda-feira, 12 de Abril de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Campo Pequeno: Expectativas muito Altas

É amanhã no Campo Pequeno, uma das corridas mais esperadas pelos apaixonados da tauromaquia, saiba porquê.
15 de Julho de 2009 - 16:39h Notícia por: - Fonte: - Visto: 953
Campo Pequeno: Expectativas muito Altas A empresa do Campo Pequeno preparou para amanhã cartel muito forte que fará com certeza esgotar a praça.

A este momento aliás, já só existem entradas para os lugares mais cimeiros, nomeadamente nas várias galerias (com preços a 15 e 20 euros), o que bem retrata o interesse da afición para este espectáculo. E porquê?

Em primeiro lugar porque Pablo Hermozo de Mendoza é um rejoneador consagradíssimo, que celebra este ano o vigésimo aniversário de alternativa. É muito apreciado, como sabemos, pelos aficionados portugueses, já que nunca defrauda ou fica aquém das expectativas que sempre nele se depositam.

Em segundo lugar, Pedrito de Portugal - matador português, que logrou grande triunfo na sua última actuação na 1ª praça do país e o qual, susbstituiu El Fundi na grande corrida de Badajós (entre outras) partilhando um cartel de luxo com José Tomás e Miguel Ángel Perera.

Em terceiro lugar, os Amadores de Vila Franca, que para além de haverem obtido o troféu 2008 (atribuído pelo Campo Pequeno) por melhor grupo de forcados e melhor pega, são um dos mais sonantes nomes das jaquetas de ramagens, o que se verifica pelo número de corridas que anualmente realizam (no ano passado actuaram em 32 corridas, tendo sido só ultrapassados pelos Amadores de Montemor que actuaram em 38 corridas).

Em quarto lugar, (os últimos são sempre os primeiros) VICTOR MENDES - um nome de importância na história do toureio apeado, não só para nós, portugueses como para todo o mundo taurino.

VICTOR MANUEL VALENTIM MENDES - Nascido em Marinhais a 14 de Fevereiro de 1958, tomou a alternativa a 13 de Setembro de 1981 na praça de Barcelona e foi-se consagrando na sua arte, num esforço constante pela estética do toureio com uma força e ambição desmedidas.
O seu conhecimento e entendimento únicos da tauromaquia, do toiro (porque aliás também foi ganadeiro) e da estética do toureio apeado fazem dele um dos mais importantes oradores da nossa actualidade taurina.
Muitas vezes homenageado entre pequenas e grandes tertúlias taurinas, com autobiografia publicada, é uma artista único, que no entanto nunca se engrandeceu, numa subiu para o altar da arrogância para o qual muitas vezes sobem aqueles que são admirados como semi-deuses.
Homem de fino trato, de sensibilidade e simpatia contagiantes, tem vindo, desde que oficialmente se retirou a apresentar-se em alguns espectáculos de beneficência mas que sabem a pouco a quem não esquece o seu portentoso toureio - completo e único, desde o tércio de bandarilhas, que espectacularmente executa, ao poderoso toureio de capote e muleta de MAESTRO.

No ano que passou, Victor Mendes vestiu-se de luces e esgotou a praça francesa Bayona Jean Grenet onde lhe concederam duas orelhas e uma ovação de pé, depois de um toureio grandioso que nem a forte chuva que caía prejudicou.

Depois desta fugaz aparição, no traje de luces castaño y oro, muitos empresários o chamaram. Mas era esta, tinha mesmo que ser nesta praça que o Maestro deixar a sua grandiosa paleta de cores.

A expectativa é grande. Muito grande. Pois que seja uma noite excepcional de um toureiro excepcional. Que nos dê uma noite para guardar no coração, para que nunca mais nos possamos olvidar de que um homem que nasceu toureiro - toureiro de verdade, o é sempre e até ao fim, até depois do fim...

N.B.:

Lembramos que decorrerá a partir das 20h30 à porta principal da Catedral o 6º ENCONTRO AFICCIONADO em que se fará uma demonstração de toureio a pé (30 minutos) e uma actuação de sevillanas / flamenco.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.