Sexta-feira, 16 de Abril de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Plaza de Toros de Moralzarzal

Troféu Frascuelo de Plata
09 de Outubro de 2009 - 13:34h Notícia por: - Fonte: - Visto: 944
Plaza de Toros de Moralzarzal A última edição da Feira Taurina de Moralzarzal, contou com uma menor realização de novilhadas, mas pôde contar com a presença de vários novilheiros que deram brilho aos espectáculos, e curros de novilhos com seriedade na apresentação.

O Novilheiro Daniel Nunes, que foi o Triunfador da edição de 2008, desta vez a sorte não lhe sorriu com o lote de novilhos que lidou na passada Segunda-Feira, dia 28 de Setembro.

Foram lidados novilhos da Ganadaria de Pérez Villena, pela terna de novilheiros Luís Miguel Casares, que escutou silêncio no seu lote, Patrick Oliver, escutou ovação no primeiro e cortou duas orelhas no segundo, Daniel Nunes, escutou silêncio no seu primeiro e silêncio no seu segundo.

Nas novilhadas que se realizaram nos dias anteriores, o resultado das mesmas foi o seguinte:

Sábado, 26 de Setembro:
Novilhos da Ganadaria de Hermanos González Rodriguez, para os Novilheiros Fernando Labastida, que escutou ovação no primeiro e silêncio no segundo, Sérgio Blasco, silêncio no seu primeiro e volta à arena no seu segundo e Miguel de Pablo, obteve duas orelhas no primeiro e deu volta à arena no seu segundo.

Domingo, 27 de Setembro:
Novilhos da Ganadaria de "El Jaral de la Mira", para os Novilheiros Javier Cortès, que escutou silêncio no primeiro e no segundo, Juan Carlos Rey, com ovação no primeiro e o corte de uma orelha no segundo e Manuel Fernández, cortou uma orelha no primeiro e e ovação no segundo.

Desta vez os triunfadores da edição de 2009, foram os novilheiros Miguel de Pablo, que cortou duas orelhas ao novilho que lidou na tarde do dia 26, e Patrick Oliver, que cortou igualmente duas orelhas na tarde do dia 27.


Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.