Terça-feira, 15 de Junho de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Uma Carta Aberta ao Pai Natal

Caro Amigo

Desde criança que tenho contigo uma relação de afecto, de imensa ternura diria mesmo de amor. Nunca fui de te pedir muito e talvez por isso jamais fui esquecido, pois tu apesar dos imensos afazeres da época

24 de Dezembro de 2010 - 13:09h Notícia por: - Fonte: Jornal do Pinhal Novo - Visto: 1233
Uma Carta Aberta ao Pai Natal

Caro Amigo

Desde criança que tenho contigo uma relação de afecto, de imensa ternura diria mesmo de amor. Nunca fui de te pedir muito e talvez por isso jamais fui esquecido, pois tu apesar dos imensos afazeres da época natalícia sempre arranjaste tempo para visitar a minha chaminé. Com o decorrer dos anos deixei de te incomodar com os meus pedidos, não que tenha qualquer dúvida da tu existência e sobretudo da tua disponibilidade, antes pelo contrário, mas sim porque me consciencializei que há muitas outras “chaminés” onde a tua presença é bem mais necessária.

No entanto neste Natal não obstante de saber que estas “coisas de toiros” serem de somenos importância, e talvez o teu tempo ser escasso para tantas visitas, ousei abusivamente em nome da nossa velha amizade importunar-te com alguns pedidos. (Não precisa de ser já)

  • Peço-te que digas aos “donos” da ANGF que  já chega de divisões;
  • Que os “empresários” taurinos cumpram sempre os compromissos assumidos;
  • Que os toiros não “bebam” muito Rompum;
  • Que os “entendidos” da critica não baptizem de ferro ao estribo um de cilhas passadas;
  • Que não transformem uma grande pega numa enorme “pianada”;
  • Que não designem de rabejador alguém que durante a “viagem” se esqueceu de vir ao “leme”;
  • E já agora se não for pedir muito que os empresários não sejam “assaltados” quando transportam o dinheiro de outros.

Um bom Natal deste teu eterno devoto.

José Filipe Figueiredo in “Jornal do Pinhal Novo”

edição de 21 de Dezembro de 2010

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.